Em recuperação de cirurgia, Kei Nishikori não vai disputar o Aberto da Austrália

O japonês Kei Nishikori, 13.º colocado no ranking mundial, anunciou nesta segunda-feira, que está fora da disputa do Aberto da Austrália, primeiro torneio de Grand Slam do ano, com início previsto para dia 20. O tenista ainda não está totalmente recuperado de uma cirurgia no cotovelo direito, a que foi submetido em outubro.

"Juntamente com minha equipe, tomamos essa decisão, pois ainda não estou 100% saudável e em condições de atuar em alto nível", disse Nishikori, de 30 anos, que não joga desde que perdeu para o australiano Alex de Minaur na terceira rodada do Aberto dos Estados Unidos, em 30 de agosto.

"Esta decisão não foi fácil de ser tomada, pois a Austrália é um dos meus lugares favoritos para competir. Vou continuar trabalhando duro para voltar à quadra o mais rápido possível. Obrigado por todo o apoio", afirmou o jogador oriental.

O japonês se junta ao britânico Andy Murray, que também não vai disputar a tradicional competição australiana por causa de problemas no púbis.

Nishikori também vai desfalcar a equipe japonesa na disputa da ATP Cup, que começa na sexta-feira, em Perth, na Austrália. Ele será substituído por Yoshihito Nishioka, por ser o melhor japonês classificado no ranking mundial. O Japão terá como adversários no Grupo B: Espanha, Geórgia e Uruguai.