Futebol Duilio diz que tentou Tite várias vezes: ‘Ele não ia trabalhar e agora está trabalhando’

Duilio diz que tentou Tite várias vezes: ‘Ele não ia trabalhar e agora está trabalhando’

O presidente do Corinthians também revelou por que não foi atrás de Dorival Júnior no início da temporada

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Tite aceitou proposta do Flamengo em outubro

Tite aceitou proposta do Flamengo em outubro

Marcelo Cortes/CRF

Em meio à sabatina de jornalistas realizada nesta sexta-feira (10), o presidente Duilio Monteiro Alves revelou que Tite foi procurado todas as vezes em que o Corinthians ficou sem treinador durante a temporada.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Esportes no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

"Tentamos trazer o Tite todas as vezes que houve troca. Na última a gente nem conversou, porque estava claro que ele não ia trabalhar. E agora está trabalhando", disse o presidente alvinegro.

Ídolo da torcida corintiana, Tite gerou um mal-estar no clube por ter declarado diversas vezes que não iria trabalhar em 2023 depois de deixar a seleção brasileira, em janeiro. Há um mês, o treinador foi anunciado no Flamengo.

E Dorival?

Duilio Monteiro Alves também explicou por que não foi atrás de Dorival Júnior para o início da temporada. Campeão da Copa do Brasil com o São Paulo, o treinador estava livre no mercado depois de ter deixado o Flamengo após o título brasileiro.

A diretoria do Corinthians, porém, decidiu iniciar 2023 com Fernando Lázaro, que era analista de desempenho e nunca havia trabalhado como treinador efetivo. Demitido em abril, o profissional teve 14 vitórias, seis empates e quatro derrotas.

"Dorival é paizão. Saiu do Flamengo por isso. Deu dois meses de férias, era parceiro dos caras. Não queríamos alguém assim. O Lázaro era um cara nosso. É bom profissional, mesmo sendo paizão. Melhor que um cara de salário alto", comentou Duilio.

Durante a temporada, quatro treinadores trabalharam no Corinthians: Fernando Lázaro, Cuca, Vanderlei Luxemburgo e Mano Menezes, que chegou em setembro e tem contrato até dezembro de 2025.

Botafogo vê chances de título caírem, e Corinthians perto do Z4: as probabilidades do Brasileirão

Últimas