Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Dono do Inter Miami revela salário milionário de Messi

O time não poupou investimentos no craque argentino e acredita que ele pode 'transformar a MLS em uma das duas ou três maiores ligas no mundo'

Futebol|Do R7

Messi vai receber 20 milhões por mês no Inter Miami
Messi vai receber 20 milhões por mês no Inter Miami Messi vai receber 20 milhões por mês no Inter Miami

A contratação de Lionel Messi pelo Inter Miami em junho mexeu com o mundo do futebol. Após sair do Paris Saint-Germain, o craque foi especulado em diversos times, principalmente no Barcelona, no qual se consagrou para o mundo.

No entanto, ele fechou com um time das últimas colocações do Campeonato Americano (MLS) e a questão que muitos se fizeram é quanto ele receberia para aceitar a "missão", e o proprietário do time, Jorge Mas, revelou isso e também sua data de estreia: 21 de julho.

Em entrevista ao El País, o executivo disse que o salário anual do argentino ficará "entre 50 e 60 milhões" de dólares, valores que, convertidos em reais, equivalem a impressionantes R$ 239 a 286 milhões, cerca de R$ 20 milhões por mês.

As cifras não só serviram para convencer o jogador como também para vencer a concorrência de outros fortes polos do esporte e garantir-lhe as condições de investir no clube no futuro.

Publicidade

O acordo, valoroso e complexo, foi pensado a longo prazo por Mas. Segundo ele, a ideia de trazer Messi ao Inter Miami surgiu em 2019, quando ainda era atleta do Barcelona.

"Já conversamos em Miami, Rosário, Doha... Passei a Copa do Mundo inteira no Catar assistindo à Argentina. O contrato da Apple foi muito importante para fechá-lo", disse, citando o apoio financeiro da empresa de tecnologia.

Publicidade

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Compartilhe esta notícia no Telegram

Publicidade

Adicionar o argentino ao rol de nomes de peso da MLS, que já teve nos últimos anos Bastian Schweinsteiger, David Villa, Sebastian Giovinco, Thierry Henry, entre outros, é revolucioná-la. E, logicamente, também elevar o patamar do Inter Miami.

"Acho que ele quer deixar a sua marca, e vai conseguir fazer isso além do futebol. Quando ele se aposentar, vai ter uma participação no clube", comentou o proprietário. "Messi pode transformar a MLS em uma das duas ou três maiores ligas no mundo."

Ele ainda citou David Beckham e Michael Jordan, que viraram empresários ao se aposentarem, como exemplos do que Lionel pode alcançar ao deixar os gramados.

Messi entrará em campo pelo Inter Miami pela primeira vez no dia 21 de julho, em um jogo contra o Cruz Azul (MEX) válido pela Leagues Cup, competição anual disputada pelas equipes do Campeonato Americano e do Campeonato Mexicano.

Veja como foi a viagem de Messi à Arábia Saudita, que pôs fim à relação dele com o PSG

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.