Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Diniz admite erros da seleção contra o Peru, mas valoriza desempenho: 'Gostei muito'

Treinador defendeu Neymar e elogia trabalho defensivo após vitória por 1 a 0; Brasil mantém 100% de aproveitamento nas Eliminatórias

Futebol|Gabriel Herbelha, do R7

Diniz segue invicto no comando da seleção
Diniz segue invicto no comando da seleção Diniz segue invicto no comando da seleção

Após a vitória por 1 a 0 contra o Peru, o técnico Fernando Diniz analisou como "muito positivo" o saldo da seleção brasileira nas duas primeiras rodadas das Eliminatórias da Copa do Mundo.

O comandante admitiu que o time pecou na parte técnica, principalmente em relação aos erros nos passes — 74 no total —, mas elogiou o trabalho defensivo da seleção, que garantiu a vitória contra os peruanos na parte final da partida, com gol de Marquinhos, aos 45 minutos do segundo tempo.

"Eu fico satisfeito com o que a gente apresentou na soma dos dois jogos, para mim foi positivo. Jogar aqui é uma atmosfera totalmente diferente do que foi em Belém do Pará. A equipe fez três gols para valer um. A gente não teve tanta fluência, estranhou um pouco o campo, muito diferente do que os jogadores estão habituados, facilitou um pouco a marcação, e tivemos mais erros na parte técnica do que o normal. Muito em virtude do campo, de jogar de maneira um pouco acelerada, mas acho que o saldo foi muito positivo", explicou Diniz.

Com a vitória na noite desta terça-feira (12), a seleção é líder das eliminatórias sul-americanas, com seis pontos conquistados e 100% de aproveitamento. O time volta a campo em outubro, contra a Venezuela e o Uruguai, na próxima parada da data Fifa.

Publicidade

"Sempre é importante vencer. Eu acho que a gente venceu com muito mérito, se no jogo da Bolívia a gente teve um pouco de descuido defensivo depois do quarto gol, hoje a gente foi impecável, o Peru não conseguiu chutar uma bola no gol, mostra que a gente tava muito atento, muito compenetrado para ajudar na marcação, eu gostei muito.

Confira outras respostas de Diniz

Faltas em Neymar

Publicidade

Hoje ele não caiu nenhuma vez por não receber falta, todas que ele caiu foi falta, mas levantou muito rápido.

Treino com bola aérea e lance do gol

Publicidade

A gente treinou bastante as duas coisas. Bola aérea define campeonato, e hoje definiu o jogo, a gente soube se defender bem, tivemos chances claras para fazer o gol, dois gols anulados e acabou fazendo pela persistência e merecimento, uma bola bem batida e uma antecipação no primeiro pau [sic].

Conciliar trabalho no Fluminense e na CBF

Eu estou supertranquilo. Quando eu estou na seleção, eu não trato do Fluminense, e quando estou no Fluminense eu não trato da seleção. Mas, para mim, não está sendo nenhum problema, está sendo uma coisa muito gostosa, é trabalhoso, mas é uma coisa que eu adoro fazer.

Bronca no gol impedido de Richarlison

Um lance que é tão duvidoso assim, não é por ser do Brasil, mas deveria ser pró-ataque, então deve ter sido a margem mínima. Quando decidiram que o gol deveria ser invalidado, a atmosfera virou toda contra, a torcida do Peru que estava em um tom abaixo voltou completamente para o jogo, e facilitou o jogo para o Peru, então achei que a arbitragem deu uma interferência no jogo que eu gostaria que não tivesse, principalmente com a questão do tempo.

Eliminatórias: veja as melhores fotos do duelo entre Brasil e Peru

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.