Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Cruzeiro e Vasco fazem jogo movimentado, mas empatam e seguem ameaçados

Empatados com 41 pontos, times estão a três do Bahia, que abre o Z-4 do Brasileirão

Futebol|Do Live Futebol BR

Cruzeiro e Vasco são adversários diretos na luta contra o rebaixamento
Cruzeiro e Vasco são adversários diretos na luta contra o rebaixamento Cruzeiro e Vasco são adversários diretos na luta contra o rebaixamento

Na noite desta quarta-feira (22), Cruzeiro e Vasco da Gama empataram por 2 a 2, no estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG), em partida atrasada da 33ª rodada do Brasileirão. O resultado não foi comemorado por ninguém.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Esportes no seu WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Publicidade

Assine a newsletter R7 em Ponto

Faltando quatro rodadas, Cruzeiro e Vasco estão empatados, com 41 pontos, a três do Bahia, que abre a zona de rebaixamento. Em 15º lugar, o Gigante da Colina leva vantagem sobre a Raposa no número de vitórias (11 a dez).

Publicidade

Leia também

Sem torcida

Suspenso preventivamente pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), por causa da confusão protagonizada pelos torcedores na partida contra o Coritiba, na Vila Capanema, em Curitiba (PR), o Cruzeiro atuou com os portões fechados.

Publicidade

Cruzeiro na frente

Em um Mineirão silencioso, o Vasco da Gama precisou de apenas 14 minutos para abrir o placar. Pumita passou por Luciano Castán e, mesmo sem ângulo, soltou a bomba sem chance para Rafael Cabral. Antes, Vegetti teve um gol anulado por impedimento.

Na frente, o Vasco se fechou para explorar o contra-ataque. Mas a tática não deu certo, e o Cruzeiro conseguiu o empate aos 40 minutos. Arthur Gomes arriscou de fora da área, a bola desviou em Medel e entrou no ângulo de Léo Jardim.

E teve tempo para mais. Mateus Vital ajeitou com o peito dentro da área, e a bola acertou o braço de Rossi. O pênalti foi assinalado após chamada do VAR. Bruno Rodrigues bateu no meio do gol e colocou o Cruzeiro na frente.

Vasco buscou o empate

As alterações feitas por Ramón Díaz deixaram o Vasco mais ofensivo. Depois de Vegetti parar duas vezes em Rafael Cabral, o empate veio aos 32 minutos. Payet cobrou escanteio na segunda trave, Sebastián Ferreira ajeitou de cabeça, e Gabriel Pec bateu de primeira.

O Cruzeiro sentiu e foi encurralado pelo Vasco nos minutos finais. Sebastián Ferreira perdeu grande oportunidade de cabeça, e Gabriel Pec teve um gol anulado pela arbitragem. Nos acréscimos, a Raposa desperdiçou uma chance incrível com Wesley.

Próximos jogos

O Vasco volta a campo no sábado (25), contra o Athletico-PR, na Arena da Baixada, enquanto o Cruzeiro visita o Goiás na segunda-feira (27), no estádio Hailé Pinheiro. Os jogos são válidos pela 35ª rodada.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 2 X 2 VASCO

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Data e horário: quarta-feira (22), às 19h (de Brasília)

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)

Auxiliares: Michael Stanislau (RS) e Maurício Coelho Silva Penna (RS)

Árbitro de vídeo: Daniel Nobre Bins (VAR-Fifa-RS)

Gols: Arthur Gomes, aos 40'/1°T, e Bruno Rodrigues, aos 51'/1°T (Cruzeiro); Pumita, aos 14'/1°T, e Gabriel Pec, aos 32'/2°T (Vasco)

CRUZEIRO: Rafael Cabral; William, Neris, Luciano Castan e Marlon (Kaiki); Ian Luccas (Fernando Henrique), Filipe Machado (Rafael Elias), Matheus Pereira e Mateus Vital (Wesley); Bruno Rodrigues e Arthur Gomes (Japa). Técnico: Paulo Autuori.

VASCO: Léo Jardim; Pumita, Maicon (Léo), Medel e Piton; Zé Gabriel (Sebastián Ferreira), Praxedes (Marlon Gomes) e Paulinho (Jair); Rossi (Payet), Gabriel Pec e Vegetti. Técnico: Ramón Díaz.

Lesões, falta de planejamento e mais: o que explica a crise da seleção brasileira?

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.