Coritiba e Atlético-GO se juntam a Sport e Bragantino e jogarão Série A

Equipes confirmaram o acesso à primeira divisão neste sábado, na última rodada da Série B. América-MG, que também podia subir, acabou vacilando

Campeão brasileiro em 1985, Coritiba está de volta à primeira divisão

Campeão brasileiro em 1985, Coritiba está de volta à primeira divisão

Reprodução/Twitter Coritiba

Foi com muita emoção que foram conhecidos os novos integrantes da Série A do Campeonato Brasileiro em 2020. Se o Bragantino, campeão com antecedência, e o Sport, vice, já estavam garantidos na elite, o sábado foi de confirmação de acesso para Coritiba e Atlético-GO, que terminaram a Série B em terceiro e quarto, respectivamente.

Com a vaga na primeira divisão encaminhada, o Coritiba, que precisava apenas de um empate com o Vitória em Salvador, saiu atrás e precisou correr atrás para confirmar o seu retorno à Série A depois de dois anos. Os dois gols que garantiram o triunfo por 2 a 1 foram marcados pelo atacante Wanderley, que saiu do banco de reservas para se confirmar como o grande herói do acesso.

Já com o Atlético-GO, a situação foi ainda mais dramática. Mesmo atuando dentro de casa, a equipe não conseguiu mexer no placar e ficou no 0 a 0 com o Sport. Com apenas um ponto somado, o time, treinado por Eduardo Barroca, ex-técnico do Botafogo, precisou acompanha e secar o América-MG.

Apesar de entrar na rodada na 4ª colocação, superando os goianos nos critérios de desempate, e atuar em casa contra o já rebaixado São Bento, a equipe mineira acabou vacilando e foi derrotado por 2 a 1, permanecendo com 61 pontos, um a menos que o seu rival.

Como o jogo disputado no Estádio Independência, em Belo Horizonte, teve sete minutos de acréscimo, os torcedores do Atlético-GO certamente tiveram minutos que "duraram uma eternidade" até a partida ser encerrada e o seu acesso à Série A ser confirmado.

No outro extremo da tabela, Londrina, São Bento, Criciúma e Vila Nova, rebaixados desde a última rodada, vão mesmo disputar a Série C em 2020. Como curiosidade, todos eles venceram nesse jogo de despedida da segunda divisão.

Apaixonados, Kaká e Carol Dias oficializam união em festa na Bahia