Futebol Corinthians se despede de Gabriel, anunciado pelo Internacional

Corinthians se despede de Gabriel, anunciado pelo Internacional

Clube postou homenagens nas redes sociais e exaltou a trajetória vitoriosa do volante que perdeu espaço no time após cinco anos

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Gabriel se despediu dos companheiros de Corinthians

Gabriel se despediu dos companheiros de Corinthians

Rodrigo Coca/Agência Corinthians

O Corinthians se despediu oficialmente do volante Gabriel na tarde desta quinta-feira (10). Após cinco anos no Timão, o jogador assinou contrato com o Internacional até o fim de 2023 e já foi anunciado pelo clube gaúcho.

"Nosso camisa 5 se despede hoje depois de construir bela história pelo Timão. Foram 238 jogos, oito gols e QUATRO títulos pelo Timão: um Brasileirão, em 2017, e o tricampeonato Paulista, entre 2017 e 2019. Muito sucesso na sequência da carreira", escreveu o perfil do Corinthians nas redes sociais.

Hoje com 29 anos, o volante chegou ao time do Parque São Jorge em 2017. Neste ano, acabou perdendo espaço no elenco coma a chegada de Paulinho e Giuliano, além de Cantillo e Du Queiroz que já estavam no grupo como opção para a posição de primeiro homem do meio-campo.

Volante já foi apresentado pelo Internacional

Volante já foi apresentado pelo Internacional

Divulgação/Twitter Inter

"Muito feliz, sentimento é único de estar aqui, de ter oportunidade de vestir essa camisa, que é tão vitoriosa, não só no Brasil, mas no mundo. Estou muito feliz, honrado de fazer parte do plantel e desse projeto, e agora não vejo a hora de estar ajudando meus companheiros e buscando nossos objetivos, que eu tenho certeza que esse ano vão vir muitas coisas boas pela frente", disse o novo reforço do Colorado.

Revelado no Paulínia (SP), Gabriel disputou a Copinha de 2011 num grupo que contava com o Botafogo.

O jogador chamou atenção do time carioca, foi para o Rio de Janeiro e acabou sendo chamado para o elenco principal à época comandado por Oswaldo de Oliveira.

Defendeu ainda o Monte Azul (SP) antes de chegar ao Palmeiras, onde jogou em 2015 e 2016 e conquistou uma Copa do Brasil e um Brasileirão antes de se transferir para o Timão.

O Corinthians era dono de 50% de seus direitos econômicos e, após a negociação com o Inter, segue com 20%.

Time dos ‘professores’: Veja seleção com técnicos do Paulista e Carioca

Últimas