Futebol Corinthians fica no 0 a 0 com o Goiás, mas continua perto do G4

Corinthians fica no 0 a 0 com o Goiás, mas continua perto do G4

Jogo atrasado da rodada 32 do Brasileirão teve muita vontade em campo, mas pouca criatividade e com grande polêmica no fim

  • Futebol | Do Live Futebol BR

O camisa 9 corintiano Yuri Alberto

O camisa 9 corintiano Yuri Alberto

Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

O Corinthians visitou o Goiás em partida atrasada da rodada 32 do Campeonato Brasileiro e ficou no 0 a 0 na noite deste sábado (29). 

Com o resultado do jogo, disputado no Estádio da Serrinha, em Goiânia, o Timão segue fora do G4, em quinto lugar, com os mesmos 58 pontos do Fluminense, quarto colocado pelos critérios de desempate. Já os goianos não saem da 13ª posição, com 43.

O alvinegro tratou de propor o jogo e assustou aos 14 minutos, mas Róger Guedes chutou para fora. O mesmo ocorreu na sequência, com Giuliano. O Goiás tentou responder com Dadá Belmonte e Pedro Raul.

Os donos da casa ficaram ainda mais perigosos com Vinícius e uma bola na trave novamente com Dadá. A blitz goiana continuou com Sávio, mas, em contra-ataque, o Timão quase marcou com Yuri Alberto. 

Desfecho
Sobrava vontade, faltava efetividade. Piton até achou Yuri Alberto, mas Tadeu defendeu chute do centroavante alvinegro.

O técnico Vítor Pereira promoveu mudanças para tentar a vitória em cima dos goianos, mas nem mesmo os lances agudos surtiam efeito. Mais fechado do que na etapa inicial, o Goiás parecia estar interessado no empate por orientação do técnico Jair Ventura.

Mas Ventura surpreendeu na reta final com alterações que deixaram o Goiás mais insinuante. Tanto que quase abriu o placar em trama de Apodi, Vinícius e Caio: o corintiano Cantillio foi para a bola, que bateu na trave.

Yuri Alberto ainda balançou as redes nos acréscimos, mas o VAR anulou por impedimento polêmico. Revolta corintiana em campo. Guilherme Biro mandou bola na trave de Tadeu, mas ficou nisso.

Agenda

O Corinhians volta a campo na quarta-feira (2), às 21h30, contra o Flamengo, campeão da Copa Libertadores, no Maracanã. O Goiás visita o vice-campeão da competição continental, Athletico-PR, também na quarta, mas às 16h, na Arena da Baixada. 

FICHA TÉCNICA
Goiás 0 x 0 Corinthians
Data e hora: sábado (29), às 19h30 (de Brasília)
Local: Estádio do Serrinha (Goiânia-GO)
Árbitro: Paulo Cesar Zanovelli da Silva (MG)
Auxiliares: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (BA) e Marcia Bezerra Lopes Caetano (RO)

Cartões amarelos: Yan Souto (Goiás), aos 08'/1ºT; Lucas Halter (Goiás), aos 03'/2ºT; Gil (Corinthians), aos 26'/2ºT; Fábio Santos (Corinthians), nos acréscimos; técnico Vítor Pereira (Corinthians), nos acréscimos

GOIÁS: Tadeu; Diego (Apodi), Yan Souto (Danilo Cardoso), Lucas Halter, Reynaldo; Matheus Sales (Luan Dias), Caio Vinícius e Sávio (Hugo); Dadá Belmonte, Vinícius e Pedro Raul (Nicolas). Técnico: Jair Ventura.

CORINTHIANS: Cássio, Bruno Méndez (Fagner), Gil, Robert Renan e Lucas Piton; Fausto Vera, Du Queiroz (Cantillo) e Giuliano; Mateus Vital (Guilherme Biro), Róger Guedes (Goiovane) e Yuri Alberto. Técnico: Vítor Pereira.

Gabigol iguala Luizão e se torna maior artilheiro brasileiro da história da Libertadores

Últimas