Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Corinthians estreia na Sul-Americana no Uruguai na busca de voltar a ser protagonista

Equipe paulista volta a jogar oficialmente após a eliminação precoce no Campeonato Paulista

Futebol|

Yuri Alberto, atacante do Corinthians, durante partida pelo campeonato paulista, em março
Yuri Alberto, atacante do Corinthians, durante partida pelo campeonato paulista, em março Yuri Alberto, atacante do Corinthians, durante partida pelo campeonato paulista, em março (ETTORE CHIEREGUINI/Estadão Conteúdo - 14.03.2024)

Sem um título desde 2019 e vindo de campanhas fracas no Campeonato Brasileiro, quando lutou contra o rebaixamento, e no Campeonato Paulista, no qual ficou fora das quartas de final, o Corinthians estreia na Copa Sul-Americana, nesta terça-feira, em Montevidéu, no Uruguai, diante do Racing, às 21h30, com a missão de voltar a ser protagonista.

Com o fracasso no Estadual, o técnico António Oliveira teve tempo para encontrar a melhor forma de a equipe atuar. Sem entrar em campo desde a quarta-feira passada, quando venceu o Londrina, em amistoso disputado em Cascavel, por 3 a 0, mas com futebol pobre, o treinador português espera por um rendimento melhor do time.

Apesar de jogar fora de casa, António Oliveira deverá optar por um esquema agressivo com três jogadores ofensivos: Wesley, Yuri Alberto e Pedro Raul. O meio de campo, mais uma vez não poderá contar com Maycon, que se recupera de lesão muscular. Com isso, Raniele, Breno Bidon e Rodrigo Garro deverão formar o setor.

A defesa vai contar com o que o elenco tem de mais experiente. Cássio, Fagner, Félix Torres, Gustavo Henrique e Hugo terão a oportunidade de mostrar entrosamento para o restante da temporada.

Publicidade

O treinador corintiano, que substituiu Mano Menezes durante o Paulistão, sabe que mais uma campanha fraca poderá causar forte pressão. Por isso, ele espera que o desempenho seja mais regular, ao contrário do que aconteceu no Estadual.

"Confio em meus jogadores, sei que eles buscam o melhor a cada treino e vamos atrás das vitórias em todos os jogos que serão disputados", disse António Oliveira por várias vezes durante o período de preparação.

Publicidade

Corinthians e Racing já se enfrentaram duas vezes. Foi na Libertadores de 2010, na fase de grupos. O time brasileiro venceu as duas, com 2 a 1, em São Paulo, e 2 a 0, em Montevidéu. Na época, Roberto Carlos e Ronaldo eram os destaques corintianos.

O Corinthians está no Grupo F e faz a segunda partida dia 9, contra o Nacional do Paraguai, na Neo Química Arena. O terceiro compromisso nesta fase de grupos vai ser diante do Argentinos Juniors, dia 23, no Estádio Diego Armando Maradona, em Buenos Aires.

Publicidade

O Racing é o atual oitavo colocado no Campeonato Uruguaio, com duas vitórias, um empate e três derrotas. Marco dez gols e sofreu também dez. O destaque do time é o atacante Tomás Verón Lupi, de 23 anos.

FICHA TÉCNICA

RACING X CORINTHIANS

RACING - Bacchia; Pereira, Monzón, Magallanes, Quiñónez; Urretaviscaya, De los Santos, Rodríguez, Rivero; Verón Lupi, Nandín. Técnico: Hernán López.

CORINTHIANS - Cassio; Fagner, Félix Torres, Gustavo Henrique e Hugo; Raniele, Breno Bidon e Rodrigo Garro; Yuri Alberto, Pedro Raul e Wesley. Técnico: António Oliveira.

ÁRBITRO - Jhon Hinestroza (COL).

HORÁRIO - 21h30.

LOCAL - Estádio Centenário, em Montevidéu (URU).

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.