Futebol Corinthians empata com o Inter e perde a chance de ser vice-líder

Corinthians empata com o Inter e perde a chance de ser vice-líder

Timão leva gol-relâmpago de Alemão, vira com Balbuena e Yuri Alberto, mas Alan Patrick decreta o 2 a 2 em Itaquera

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Yuri Alberto marcou o seu

Yuri Alberto marcou o seu

Corinthians

O Corinthians recebeu o Internacional na Neo Química Arena e desperdiçou a chance de chegar à vice-liderança do Campeonato Brasileiro ao empatar por 2 a 2 na tarde deste domingo (4) – gols de Alemão (antes do primeiro minuto) e Alan Patrick para o Colorado e de Balbuena e Yuri Alberto para o Timão.

Com o resultado da partida, válida pela 25ª rodada, o Corinthians saiu do 4º lugar, com 42 pontos, e foi para o 3º, com 43. O Inter, que tinha os mesmos 42, também soma 43, mas fica em 4º pelos critérios de desempate.

O duelo teve a emoção do gol logo aos 48 segundos: depois da cobrança de lateral, Alemão tirou Gil da marcação e bateu cruzado da pequena área. 1 a 0 Inter. Os donos da casa reagiram aos 12’: após escanteio bem calibrado por Gustavo Mosquito, Gil desviou para o meio e Balbuena apareceu para esticar a perna direita e finalizar: 1 a 1.

O Corinthians se superou em campo para virar, aos 18’: após rebatida do goleiro Daniel em chute de Róger Guedes, Yuri Alberto colocou para dentro: 2 a 1.

Maurício ainda acertou um chute rasteiro no pé da trave direita corintiana e Róger Guedes perdeu grande de frente para o gol, mas ficou nisso.

Desfecho
Sem Du Queiroz, que cumpriu suspensão automática, e Renato Augusto, desfalque de última hora por conta de uma contusão, o Corinthians ainda perdeu Fagner, com dores na coxa, no intervalo.

Rafael Ramos entrou, mas ficou só dez minutos em campo porque sentiu incômodo muscular. Bruno Méndez foi para o jogo. Já era, dos respectivos bancos, o reencontro entre Ramos e Edenilson. Da última vez, em 14 de maio, com 2 a 2 no placar final, Ramos foi acusado de injúria racional por Edenilson. 

O gol mais bonito da partida ainda estava por sair: aos 21' do segundo tempo, Alan Patrick, que tinha acabado de entrar, chutou cruzado para vencer Cássio: 2 a 2. O duelo continuou com o Colorado pressionando mais do que os donos da casa, mas o empate persistiu até o fim.

Agenda
O Corinthians tem um clássico pela frente: no domingo (11), às 16h, visita o São Paulo no Morumbi pela sequência do Brasileirão. O Inter volta a campo um dia antes: no sábado (9), às 16h30, recebe o Cuiabá no Beira-Rio.

FICHA TÉCNICA
Corinthians 2 x 2 Internacional
Local: Neo Química Arena, em Itaquera, São Paulo (SP)
Data e hora: domingo (4-9), às 16h
Árbitro: Bráulio da Silva Machado (SC-FIFA)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (SC-FIFA) e Henrique Neu Ribeiro (SC)
VAR: Pedro Ramón Gonçalves Pinheiro (RN-FIFA)

Gols: Alemão (Internacional), aos 48 segundos/1ºT; Balbuena (Corinthians), aos 12'/1ºT; Yuri Alberto (Corinthians), aos 18'/1ºT; Alan Patrick (Internacional), aos 21'/2ºT

Cartões amarelos: daniel (Intenacional), aos 8'/1ºT ; De Pena (Internacional), aos 33'/1ºT

Público: 41.748. Renda: R$ 2.613.444

CORINTHIANS: Cássio; Fagner (Rafael Ramos/Bruno Méndez), Gil, Balbuena e Fábio Santos; Fausto Vera, Ramiro (Cantillo) e Gustavo Mosquito (Mateus Vital) e Giuliano (Roni); Róger Guedes e Yuri Alberto. Técnico: Vítor Pereira.

INTERNACIONAL: Daniel; Bustos, Vitão, Mercado e Renê; Gabriel, Johnny (Edenilson), De Pena (Alan Patrick) e Mauricio; Wanderson (Liziero) e Alemão (Braian Romero). Técnico: Mano Menezes.

Troféu da Copa não fica com país campeão; veja mais curiosidades do objeto de desejo das seleções

Últimas