Futebol Corinthians é punido por cantos homofóbicos e enfrenta o Vasco sem torcida

Corinthians é punido por cantos homofóbicos e enfrenta o Vasco sem torcida

Neo Química Arena terá os portões fechados no duelo contra o time carioca, no dia 30 de julho

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Torcida do Corinthians na Neo Química Arena

Torcida do Corinthians na Neo Química Arena

Divulgação/Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

O Corinthians foi punido com um mando de campo sem torcida em julgamento realizado na sede do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) nesta quinta-feira (6).

· Compartilhe esta notícia no Whatsapp
· Compartilhe esta notícia no Telegram

Com isso, portões fechados na Neo Química Arena no duelo contra o Vasco, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro, no dia 30 de julho. A punição valeria contra o Grêmio, no domingo (15), mas o jogo foi adiado após mudança de data no confronto contra o América-MG, pela Copa do Brasil.

Essa punição já havia sido informada anteriormente, mas o Corinthians havia conseguido efeito suspensivo. Isso mudou nesta quinta-feira.

A medida vem por conta de gritos homofóbicos no clássico contra o São Paulo, no dia 14 de maio, que terminou em 1 a 1. Na ocasião, o árbitro Bruno Arleu de Araújo paralisou a partida para que os gritos cessassem.

Confira imagens da suíte do motel em que Luan, do Corinthians, foi agredido por torcedores

Últimas