Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esportes
Publicidade

Ronaldo e Neto trocam farpas após críticas do Fenômeno: 'Completamente descontrolado'

Em live, o pentacampeão afirmou que falas do apresentador deveriam 'ser proibidas' e que ele 'incita o ódio'; confira

Copa do Mundo|Do R7


Neto e Ronaldo trocaram farpas nesta semana após a queda do Brasil na Copa do Mundo
Neto e Ronaldo trocaram farpas nesta semana após a queda do Brasil na Copa do Mundo

A eliminação do Brasil da Copa do Mundo ainda rende muita polêmica. E, nesta semana, os ex-jogadores Ronaldo e Neto trocaram farpas públicas por conta das críticas do apresentador ao desempenho da seleção brasileira no Catar. 

Em live na Ronaldo TV, o Fenômeno se referiu às falas de Neto como "coisa horrível" e "imagem deprimente". Além disso, chegou a dizer que os comentários do apresentador do Donos da Bola, da Band, deveriam ser "proibidos".

"Outro dia vi o Neto completamente descontrolado, pelo amor de Deus, cara. Que coisa horrível. Tipo de imagem que o brasileiro não precisa. Logicamente, sempre tem uns malucos que gostam de ver isso, mas que imagem deprimente", disse Ronaldo.

"Essa guerra pelos likes e engajamento... Você vê o Neto descontrolado, xingando todo mundo, sem o menor respeito pelas pessoas. Isso devia ser proibido, essa incitação ao ódio. A pessoa chega a babar de ódio falando do outro, uma coisa horrível", completou o Fenômeno.

Publicidade

Veja o vídeo de Ronaldo

Neto responde

Publicidade

No dia seguinte, Neto respondeu às críticas de Ronaldo. O ex-jogador do Corinthians rebateu de forma agressiva e chegou a ameaçar contar histórias que pudessem afetar a reputação do Fenômeno. "Cuidado que seu telhado é de vidro", disparou o apresentador. 

"Ronaldo, deixa eu falar para você. Primeiro, eu represento o povo. Você representa os ricos, quem compra os direitos esportivos. Você compra jogadores, falou em 2014 que não precisava de hospital aqui, 700 mil pessoas morreram. Você não vive no Brasil. Como jogador, é um fenômeno, um dos maiores de todos. E eu não estou nem aí para você, meu irmão. Por sinal, você poderia falar para todo mundo o que você fez em Presidente Prudente, na casa do Antônio Carlos, quem dirigiu a Kombi. Quando você fala de mim, cuidado que seu telhado é de vidro", começou Neto. 

Publicidade

Depois, o ex-meia lembrou o episódio dos jogadores da seleção que, ao lado de Ronaldo, comeram a carne folheada a ouro no Catar, entre outras coisas.

"Faço isso há 20 anos, não sou bacana igual você. Eu não como carne de ouro, irmão. O povo come carne de segunda, e eu represento o povo. Você representa o ouro, Midas, tudo o que a gente não tem. Você tem o direito de me criticar, de achar que eu não poderia ter feito aquilo, mas eu fiz. Está acabado, está feito e eu faço de novo. Você passou pano na cabeça de todos os jogadores. Você teve Covid-19 e jantou com os jogadores", continuou.

"Eu não passo pano. Talvez me prejudique por isso. Você vai ter canal de televisão, manda na CBF, na Copa de 2014 estava junto com Marco Polo Del Nero, José Maria Marin, com todos os ladrões que foram presos. Eu não, eu moro na Paraisópolis. Não preciso de você. Eu não joguei 00000,1% do que você, mas sou muito melhor como homem e como ser humano. (...) Não tenho medo de você. Se ficar me enchendo muito o saco, eu falo tudo o que aconteceu em Presidente Prudente", completou Neto. 

Sete pontos em que a seleção do 7 a 1 foi superior à de 2022

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.