Copa do Mundo Petkovic entra para lista de carrascos do Brasil em Copas

Petkovic entra para lista de carrascos do Brasil em Copas

Atacante croata foi o autor do gol contra a seleção de Tite, aos 12 minutos do segundo tempo da prorrogação

  • Copa do Mundo | Avelar, do R7, em Doha, no Catar

Resumindo a Notícia
  • Petkovic marcou contra o Brasil aos 12 minutos do segundo tempo da prorrogação

  • O gol adiou o sonho do hexacampeonato em pelo menos mais quatro anos

  • O atacante joga no futebol croata pelo Dínamo Zagreb

  • Mesmo em êxtase, o jogador foi extremamente respeitoso ao futebol brasileiro

Petkovic marcou contra o Brasil aos 12 minutos do segundo tempo da prorrogação

Petkovic marcou contra o Brasil aos 12 minutos do segundo tempo da prorrogação

AFP/Gabriel Bouys

Thierry Henry (Alemanha 2006), Wesley Sneijder (África do Sul 2010), Thomas Muller, Miroslav Klose (Brasil 2014), Kevin De Bruyne (Rússia 2018)… E agora Bruno Petkovic (2022). O atacante croata se juntou nesta sexta-feira (9), nas quartas de final do Catar 2022, à lista de jogadores que se tornaram carrascos da seleção brasileira em Copas do Mundo.

Petkovic, de 28 anos, marcou aos 12 minutos do segundo tempo da prorrogação, o gol que adiou o sonho do hexacampeonato em pelo menos mais quatro anos. O atacante do Dínamo Zagreb aproveitou rápido contra-ataque puxado por Modric, recebeu Orsic e bateu no canto de Alisson. A bola ainda desviou em Marquinhos antes de levar o jogo para as penalidades.

Na saída do estádio Cidade da Educação, Petkovic, que inclusive levou o cartão amarelo por tirar a camisa na comemoração, ainda não sabia explicar o que tinha acontecido.

“Foi uma sensação indescritível. É indescritível o que aconteceu aqui. A sensação de ver a bola entrando não dá para explicar em palavras”, disse o jogador.

Sempre respeitoso ao futebol brasileiro, o atacante demonstrou enorme felicidade ao derrotar o time pentacampeão.

“É um time fortíssimo, sem dúvida, mas o futebol tem dessas coisas que quando você dá tudo de si em campo pode sair vitorioso”, concluiu Petkovic.

O Brasil não vence rivais europeus em quartas de final desde o pentacampeonato (Japão e Coreia do Sul 2002). De lá para cá, a seleção caiu na mesma fase para os adversários dos atacantes citados acima (com exceção da Alemanha, que goleou o Brasil nas semis).

A seguir, confira quem são os candidatos ao prêmio de melhor jogador da Copa:

Últimas