Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esportes
Publicidade

Na reta final da Copa do Mundo, dicas para ganhar o bolão

Tem sugestão para todo mundo: aos que precisam pontuar para melhorar na classificação e aos que já estão lá em cima

Copa do Mundo|Do R7


Não se desespere, ainda faltam oito jogos na Copa
Não se desespere, ainda faltam oito jogos na Copa

Faltam oito partidas para a Copa do Mundo acabar: as quatro das quartas de final, duas semifinais e as disputas de primeiro e terceiro lugares. Já foram realizados 56 jogos, e se, até agora, você não está bem colocado no bolão, precisa prestar muita atenção nas próximas dicas. 

O R7 foi atrás de especialistas em cálculos e estatísticas para ajudá-lo. As observações são preciosas tanto para os que leitores que estão um fiasco nas apostas quanto para os que, nas primeiras posições, só querem que a Copa acabe logo sem grandes mudanças na classificação.

Primeiro, vamos manter o foco nos quatro próximos confrontos da Copa do Catar, mas algumas sugestões valem também para as fases seguintes. Entram em campo nesta sexta-feira (9), às 12h, Croácia X Brasil. No mesmo dia, às 16h, tem Holanda X Argentina. No sábado (10), jogam Marrocos X Portugal (12h) e Inglaterra X França (16h).

Leia também

O professor do departamento de matemática da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) Gilcione Nonato Costa explica que, inicialmente, é preciso ter sempre em mente que em todo jogo (e na vida) "o ganho é proporcional ao risco".

Publicidade

Assim, quem está bem na classificação deve evitar altos riscos neste momento e apostar somente nos favoritos — ou, no caso de jogos com adversários muito próximos tecnicamente, no empate.

Nas quartas de final, há duas seleções com o status de favoritas: o Brasil e a Argentina. Nos outros dois jogos, aparecem mais bem cotados (mas pouca coisa) a França e Portugal.

Publicidade

Gilcione só indica a estratégia de apostar na zebra para quem está nas últimas posições do bolão.

Ele destaca, no entanto, que gastar seus palpites em vários azarões não faz sentido. "No futebol, apesar de ser mais frequente do que em outros esportes, poucas vezes isso ocorre [de o pior vencer o favorito]." Então, você, que precisa pontuar bem o quanto antes, escolha apenas uma zebra e torça.

Publicidade

Tá, mas que placar eu ponho?

Conrad Elber Pinheiro, professor de engenharia da Universidade Anhembi Morumbi, especializado em cálculos e estatísticas, analisou os jogos das quartas de final do Mundial do Catar levando em conta dados de páginas de apostas e também o site Previsão Esportiva, que calcula as probabilidades de resultados de partidas com o uso de inteligência artificial.

Primeiro, ele orienta os apostadores conservadores:

"Os placares mais prováveis, em tempo regulamentar (90 minutos) para os jogos das quartas de final são: Holanda X Argentina: 1 x 1 ou 0 x 1; Croácia X Brasil: 0 x 2 ou 0 x 1; Inglaterra X França: 1 x 1; e Marrocos X Portugal: 0 x 1 ou 1 x 1."

Na sequência, fala apenas com os desesperados por pontos.

Para o jogo Holanda X Argentina, Conrad lembra que, tirando a partida de estreia, na qual foram derrotados pela Arábia Saudita por 2 a 1, os argentinos fizeram dois gols em todos os jogos. A Holanda também sempre marcou. "Assim, uma aposta interessante para esse jogo seria Holanda 1 x 2 Argentina", opina.

Croácia X Brasil: "Dos quatro jogos da Croácia, três terminaram em empate", lembra. "Considerando que a seleção croata tem perfil similar ao da sérvia, as apostas mais interessantes seriam 0 x 0, 1 x 1 ou 2 x 2."

Inglaterra X França: o professor lembra que a Inglaterra realizou apenas um jogo em que houve empate, e em três deles o adversário não marcou gols. Já a França venceu todos os jogos, mas em três deles o adversário marcou um gol. "Sendo assim, as apostas mais arrojadas para Inglaterra X França seriam 3 x 1 ou 2 x 1."

Marrocos X Portugal: a equipe do Marrocos, uma das zebras da Copa, fez duas vezes dois gols e, em outras duas, zero. Já a equipe de Portugal venceu as três partidas em que usou seu time principal. "Os placares mais arrojados para Marrocos X Portugal, baseados nos jogos desta Copa, seriam 2 x 1, 0 x 2 ou 2 x 3", afirma Conrad. Para os conservadores, 0 x 1 ou 1 x 1. 

O matemático observa que o fato de Marrocos e Portugal geralmente não estarem nas quartas de final não pode ser considerado com grande peso na análise. "Do ponto de vista estatístico, a comparação desse jogo com as Copas passadas acaba perdendo relevância." 

No cálculo estatístico, são mais importantes os jogos anteriores, as escalações e a qualidade das equipes. Sem contar que a história da partida temum peso enorme e pode ir contra o retrospecto recente das seleções.

"Um time que leva um gol, dois gols, pode ficar abalado emocionalmente, fazendo com que seu desempenho caia. Ou o time pode se tornar mais ofensivo na tentativa de virar o jogo, tornando mais provável uma derrota ainda maior, em função de a defesa ficar aberta aos contra-ataques", esclarece Conrad.

Gilcione Nonato Costa, da UFMG, lembra que "o fato marcante no futebol é que o gol é um evento relativamente raro". Sendo assim, de forma geral, os resultados mais prováveis são placares com 0 x 0, 1 x 1, 1 x 0, 2 x 0 e 2 x 1.

Possível semifinal entre Brasil e Argentina

Conrad Elber Pinheiro, que também é o criador proprietário do site e do canal do YouTube Professor Guru, calculou ainda as chances de cada placar em uma possível semifinal Brasil X Argentina.

De acordo com as probabilidades fornecidas pelo site Previsão Esportiva, que usa inteligência artificial, os cinco resultados mais prováveis e suas respectivas probabilidades de ocorrência seriam:

— 1 x 1, com 12,78%;

— 1 x 0, com 10,85%;

— 0 x 1, com 9,67%;

— 2 x 1, com 8,45%;

— 0 x 0, com 8,21%.

Conrad conta ainda que, 'considerando as análises realizadas por diversos sites, há uma maior probabilidade de o Brasil vencer a Copa".

Galeria: A Copa que dá medo: as fantasias mais horripilantes vistas nas arquibancadas

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.