Copa do Mundo David Beckham recebe críticas por exaltar Catar em comercial para promover Copa do Mundo

David Beckham recebe críticas por exaltar Catar em comercial para promover Copa do Mundo

Ídolo inglês faturou mais de R$60 milhões pela publicidade; Anistia Internacional condenou a atitude

Comportamento de Beckham  foi considerado 'lamentável em relação aos direitos humanos'

Comportamento de Beckham foi considerado 'lamentável em relação aos direitos humanos'

Reprodução/Twitter/ @PeninsulaQatar

O ex-jogador da seleção inglesa, David Beckham, foi criticado nas redes sociais por realizar um comercial promovendo o Catar, país sede da Copa do Mundo de 2022. O país, desde que foi anunciado como sede do Mundial, tem sido alvo de protestos por organizações que defendem os Direitos Humanos, por conta de polêmicas que envolvem más condições de trabalho

No vídeo, Beckham aparece passeando pelo Catar em uma moto e em barco de luxo. O craque também interage com locais, que usam as vestimentas tradicionais, além de visitar o deserto, um mercado de especiarias e museus.

Durante a narração, o inglês começa a pequena viagem pelo país dizendo que é "mais um lindo dia no Catar". Beckham comenta que os catarianos são muito orgulhosos de sua cultura e que, para ele, a "mistura entre o moderno e o tradicional criam algo muito especial".

"É a perfeição para mim. É um lugar incrível para passar uns dias. Tenho vontade de levar meus filhos", fala o ex-jogador na campanha publicitária. 

Segundo informações da imprensa britânica, Beckham lucrou mais de 10 milhões de libras pela campanha. Na atual conversão, a quantia pode chegar a R$ 60 milhões. 

Nas redes sociais, o ex-jogador recebeu comentários o criticando e ligaram a atitude de Beckham à posição jurídica da comunidade LGBTQIA+ no Catar. Felix Jakens, um dos responsáveis pela ONG Anistia Internacional no Reino Unido, declarou que a imagem do inglês vale ouro ao país-sede, mas que ele utilizou de maneira errada. "Ele deveria utilizar essa imagem para pedir à Fifa e as autoridades do Catar que cuidem dos terríveis abusos às dezenas de milhares de trabalhadores imigrantes nas obras de infraestrutura para o Mundial", disse.

A Copa do Mundo do Catar começa em 20 de novembro, com a partida entre Catar e Equador, pelo Grupo A.

Copa do Mundo de 2022 será disputada em 8 estádios no Catar

Últimas