Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esportes
Publicidade

'Daniel Alves premia qualidade individual, aspecto físico e mental', diz Tite

Técnico da seleção fez nesta segunda-feira a convocação de jogadores para Copa do Mundo, que contou com o nome do veterano

Copa do Mundo|Do R7

Nesta segunda-feira (7), o técnico Tite anunciou os 26 nomes que defenderão o Brasil na Copa do Mundo do Catar, que começa no dia 20 de novembro. Um dos jogadores mais incertos para a competição era o veterano Daniel Alves, que atualmente atua no Pumas, do México. O lateral constou na lista do treinador.

"O critério do Daniel Alves é um critério de todos. Ele premia qualidade técnica individual, ele premia o seu aspecto físico e traz o seu aspecto mental. Tal qual os outros jogadores. Alguns com outras ou mais qualidades", justificou Tite em entrevista coletiva. 

Daniel Alves vai ao Catar como o jogador mais velho da seleção, aos 39 anos
Daniel Alves vai ao Catar como o jogador mais velho da seleção, aos 39 anos Daniel Alves vai ao Catar como o jogador mais velho da seleção, aos 39 anos

O jogador não foi convocado em setembro por problemas físicos, o que o deixou fora de diversas partidas. Ele foi diagnosticado com baixos níveis de força e resistência. Na época, Daniel Alves ainda estava no Barcelona, e parte da comissão brasileira foi ao clube para observar treinos do jogador, que mostraram sua evolução física.

Para Fábio Mahseredjian, preparador físico da seleção, o Daniel Alves de hoje é o mesmo Dani Alves que esteve nas Olimpíadas de 2021. "No aspecto físico, se encontra apto. Esta é a nossa conclusão", disse.

Publicidade

Leia também

O técnico Tite reforçou que o lateral será um lateral construtor, e não ofensivo. Por isso, com tamanha qualidade técnica, foi incluído entre os convocados. "A qualidade técnica e individual que o Dani Alves empresta neste quesito de criação é impressionante, para ser um organizador, um articulador", completou.

Durante a coletiva, o auxiliar de Tite, César Sampaio, mencionou que o jogador será um dos capitães da seleção. O que determinará o uso da braçadeira será os outros escalados para os jogos.

Publicidade

"Ele é fantástico, comprometido com o novo, mobiliza o entorno. É um cara que tenho como referência dos que convivi como atleta e agora como gestor técnico. Eu estou muito confiante não só no Dani, mas todos os nomes que escolhemos podem trazer em entrega", disse o ex-jogador.

Após não renovar o contrato com o Barcelona em 2022, Daniel Alves foi anunciado pelo Pumas, do México, onde está atuando. Com a convocação para a seleção brasileira no Mundial do Catar, Daniel Alves se torna o primeiro jogador que atua no campeonato mexicano a ir à Copa do Mundo defender a equipe pentacampeã.

Publicidade

Daniel Alves fez sua estreia na seleção principal do Brasil em outubro de 2006, em amistoso contra o Kuwait SC. O primeiro título com a amarelinha veio no ano seguinte, em 2007, na Copa América. Em 2009, ao lado de Kaká, levantou o título da Copa das Confederações.

O lateral não foi para o Mundial de 2018, que aconteceu na Rússia, porque sofreu uma lesão em um joelho poucos meses antes do início da competição, na decisão da Copa da França. O jogador teve uma nova oportunidade de vestir a camisa do Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio, que foram realizados em 2021. No Japão, foi o capitão da seleção olímpica brasileira que ganhou a medalha de ouro.

Daniel Alves, aos 39 anos, vai ao Catar para ser o jogador mais velho a defender o Brasil em uma Copa do Mundo. Antes, o recorde pertencia a Djalma Santos, que disputou o Mundial de 1966 com 37 anos.

Botafogo lidera lista de clubes com mais jogadores convocados para Copa do Mundo

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.