Copa do Mundo Copa do Mundo do Catar terá áreas para torcedores bêbados ficarem sóbrios

Copa do Mundo do Catar terá áreas para torcedores bêbados ficarem sóbrios

Presidente-executivo do evento afirma que os espaços zelarão pela segurança; a venda de bebidas alcóolicas terá horários restritos 

Reuters - Esportes
Mais de 1 milhão de torcedores devem ir ao Catar para a Copa do Mundo

Mais de 1 milhão de torcedores devem ir ao Catar para a Copa do Mundo

REUTERS/Hamad I Mohammed

A Copa do Mundo de futebol que será realizada no Catar a partir do próximo mês terá áreas para que torcedores bêbados fiquem sóbrios, disse o presidente-executivo do evento.

O Mundial, de 20 de novembro a 18 de dezembro, é o primeiro a ser realizado em um país muçulmano com controle rígido sobre o álcool. Trata-se de um desafio único para os organizadores de um evento patrocinado por uma grande marca de cerveja e muitas vezes associado a torcedores que consomem a bebida.

O Catar permitirá a torcedores com ingressos que comprem cerveja três horas antes do início do jogo e por uma hora após o apito final, mas não durante a partida.

O presidente-executivo da Catar 2022, Nasser Al Khater, disse à imprensa, em uma entrevista publicada na quinta-feira (13), que qualquer pessoa que exagere será cuidada. "Eu sei que existem planos para as pessoas ficarem sóbrias se... elas beberem excessivamente", disse Al Khater, acrescentando que a medida visa a garantir que elas estejam seguras e não causem danos aos outros ou a si mesmas, e que foi "uma boa ideia".

Al Khater também repetiu as garantias de que torcedores LGBTQ+ serão bem-vindos e se sentirão à vontade no Catar. A homossexualidade é ilegal no Catar, assim como em muitos países do Oriente Médio. “Todos são bem-vindos aqui e todos se sentirão seguros quando vierem ao Catar”, disse ele ao ser questionado sobre sua mensagem aos torcedores LGBTQ+.

Quando perguntaram se esse cuidado incluiria torcedores gays de mãos dadas em público, ele afirmou: "Sim". E disse "sim" novamente quando questionado se isso era uma mensagem de segurança.

Os organizadores do torneio enfatizaram anteriormente que todos, independentemente de sua orientação sexual ou origem, são bem-vindos no Catar. Ao mesmo tempo, alertaram os torcedores contra demonstrações públicas de afeto.

Estádios da Copa do Mundo recebem últimas reformas em preparação para estreia

Últimas