Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esportes
Publicidade

Casemiro critica quem celebrou lesão de Neymar: 'Sem educação e sem caráter'

Volante disse também que o atacante, que está fora das duas próximas partidas da Copa, é um dos melhores jogadores do mundo

Copa do Mundo|Do R7, com AE e AFP

Neymar e Casemiro, companheiros de seleção
Neymar e Casemiro, companheiros de seleção Neymar e Casemiro, companheiros de seleção

O volante Casemiro afirmou neste sábado (26) que pessoas que desejam o mal de outra "não têm educação nem caráter". A afirmação veio após o jogador da seleção brasileira ser questionado sobre diversas manifestações nas redes sociais de pessoas que vibraram com a lesão sofrida pelo atacante Neymar, que torceu o tornozelo na partida de estreia do Brasil na Copa do Mundo.

Devido à entorse, o jogador do Paris Saint-Germain está fora da partida diante da Suíça, na segunda-feira, e, provavelmente, contra Camarões também.

Casemiro lamentou a contusão e afirmou que, apesar de o Brasil ter muitos bons jogadores, nenhum tem o nível de Neymar. 

"Ele é um dos melhores jogadores do mundo e infelizmente não estará no próximo jogo. Temos jogadores de qualidade, mas, comparando-os com Neymar, é difícil encontrar alguém do nível dele", disse o volante.

Publicidade

Na sexta-feira (25), o atacante Raphinha compartilhou um post em suas redes sociais em que criticava a atitude de brasileiros que torcem contra Neymar e que comemoram a lesão do jogador. Neste sábado, Casemiro foi indagado sobre o assunto. Primeiro, disse não ter visto as manifestações contrárias. Depois destacou que também se incomoda com isso.

Casemiro reforçou as críticas dos companheiros do atacante. "A mim incomoda também, claro, principalmente contra um companheiro do meu time. A gente vive num mundo em que existem pessoas boas e ruins. A partir do momento que uma pessoa deseja o mal da outra, e não falo nem sobre ser o Neymar, ela não tem educação, não tem caráter", afirmou, em coletiva no CT da seleção brasileira, em Doha, no Catar.

O Brasil, um dos favoritos ao título, treinou neste sábado com os portões fechados para o confronto com a Suíça, segunda-feira (28), no qual pode garantir a classificação antecipada para as oitavas de final desde que vença e Camarões não vença a Sérvia no mesmo dia.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.