Copa do Mundo Arábia Saudita tenta provar neste sábado, contra a Polônia, que é muito mais que uma zebra

Arábia Saudita tenta provar neste sábado, contra a Polônia, que é muito mais que uma zebra

Depois de superar a poderosa Argentina na estreia, seleção do Oriente Médio aposta na capacidade do técnico Hervé Renard para garantir outra vitória e a classificação no Grupo C

Técnico da Arábia diz que concentração deve ser a mesma mostrada contra a Argentina

Técnico da Arábia diz que concentração deve ser a mesma mostrada contra a Argentina

EFE/EPA/ABIR SULTAN

A Arábia Saudita entra em campo neste sábado (26) com um técnico alçado a estrela após a primeira rodada da Copa do Mundo do Catar. Hervé Renard foi considerado o responsável pela estratégia que levou sua equipe a vencer a poderosa Argentina na estreia, por 2 a 1, e de virada, na primeira grande zebra da competição.

O desafiante deste sábado, às 10h, é a bem menos ameaçadora Polônia, que tem como seu principal trunfo o melhor jogador do mundo do ano passado, segundo a Fifa, o atacante Robert Lewandowski.

Na primeira rodada, no entanto, os poloneses ficaram só no 0 a 0 contra os mexicanos. O grupo C é liderado pela Arábia Saudita, com 3 pontos, tem México e Polônia com 1 e a Argentina, com zero. 

Hervé Renard é um treinador francês com bastante experiência com seleções africanas. Ele foi campeão da África em 2012, com a Zâmbia, e em 2015, com Costa do Marfim. Na Copa do Mundo da Rússia, em 2018, ele treinou Marrocos. Na competição, seu melhor resultado foi um 2 a 2 contra a Espanha, mas o time não passou da primeira fase, após perder para Irã e Portugal.

No jogo de estreia no Catar, uma das principais armas de Renard contra a Argentina foi a linha de defesa que deixou várias vezes os argentinos impedidos. O árbitro esloveno Zlatko Vincic, com o auxílio do VAR, anulou três gols do time de Messi e companhia.

Em entrevista antes do confronto contra a Polônia, o técnico francês disse que o jogo com a Argentina foi tão importante quanto os outros três. "O que queremos é ficar em primeiro ou segundo, não importa. Importantes é estarmos nas oitavas de final. Continuar concentrado, nada muda."

A Arábia Saudita não terá neste sábado o meio-campista Salman Al-Faraj, capitão da equipe que saiu machucado no primeiro tempo da vitória sobre a Argentina.

Últimas