Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Contra Palmeiras, Corinthians busca vitória para evitar demissão de seu treinador

Verdão, que joga em casa, também busca reabilitação após derrota feia para o Fortaleza na semana passada

Futebol|Do Estadão Conteúdo


António Oliveira, técnico do Corinthians, pode deixar o cargo em caso de derrota ETTORE CHIEREGUINI/Estadão Conteúdo - 26.06.2024

Palmeiras e Corinthians fazem o tradicional dérbi paulista nesta segunda-feira (1), às 20h, no Allianz Parque, em partida válida pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em momentos opostos na temporada, o time alviverde busca se recompor após derrota acachapante no jogo anterior, enquanto a equipe alvinegra tenta vencer o primeiro clássico no ano e alcançar a redenção com a torcida em meio à crise nos bastidores.

Depois de emplacar uma sequência de cinco vitórias consecutivas, o Palmeiras levou um impiedoso 3 a 0 fora de casa diante do Fortaleza, em noite desastrosa de Abel Ferreira e companhia. Apesar do resultado, o time paulista ainda figura bem na parte de cima da tabela do Brasileirão. A equipe tem 23 pontos e um resultado diante da torcida pode manter a equipe na zona de classificação para a Copa Libertadores.

”Não vale a pena estar a sofrer em cima dessa derrota, já não há nada a fazer. O Brasileiro é muito duro, é uma prova de regularidade quando vêm esses jogos”, comentou Abel após o confronto com os cearenses.

Para o clássico, o comandante português não poderá contar com Rony e Aníbal Moreno, suspensos. O volante Fabinho deve ganhar uma chance entre os titulares, enquanto Flaco López deve formar ataque com Estêvão. Murilo, com uma entorse no tornozelo esquerdo, é dúvida. O lateral-direito Marcos Rocha e o prata da casa Vitor Reis são as opções. Naves, utilizado enquanto Gustavo Gómez está na Copa América, continua na zaga.

Publicidade

Por sua vez, o Corinthians também pode ter mudanças significativas para o clássico. O lateral-direito Matheuzinho deve retornar à equipe titular e Gustavo Henrique pode ganhar nova chance ao lado de Cacá na zaga. Existe ainda a possibilidade de Gustavo Silva, que vem entrando bem nas últimas partidas, ganhar a vaga de Igor Coronado. O técnico António Oliveira não pode contar com Fagner, Pedro Henrique e Diego Palácios, lesionados, além de Félix Torres e Romero, na Copa América.

O Corinthians vive situação dramática no Brasileirão. Na zona de rebaixamento, o time do Parque São Jorge venceu apenas uma partida das 12 até aqui, e somou apenas 9 pontos dos 36 disputados. A equipe alvinegra também tem o segundo pior ataque, ao lado do Grêmio, com somente nove gols marcados. O clube vem de um empate por 1 a 1 com o Cuiabá, em casa.

Publicidade

Pressionado no cargo, o técnico António Oliveira fez um desabafo na última partida e pediu para os corintianos não esperarem muito da próxima janela de transferências. “Nós temos que conseguir moldar as expectativas de um clube desta dimensão, com uma torcida desta para aquilo que o clube hoje pode nos oferecer Porque as pessoas eventualmente estejam à espera da janela, o clube nesta altura não nos vai proporcionar aquilo que eventualmente se prometeu.

”O último confronto entre Palmeiras e Corinthians aconteceu na primeira fase do Paulistão. Rodrigo Garro, de falta, marcou nos minutos finais e impediu a vitória do rival em Barueri, com o jogo terminando em 2 a 2. O time alvinegro ainda não venceu clássicos em 2024, acumulando uma derrota e um empate com o São Paulo (2 a 1, e 2 a 2, ambas em casa), e um revés para o Santos (1 a 0).

Este será o dérbi de número 335 na história. São 121 vitórias do Palmeiras, contra 112 do Corinthians, além de 101 empates. O time alvinegro não derrota o rival há sete partidas. O último triunfo foi em 2021, quando a equipe do Parque São Jorge venceu por 2 a 1, em jogo da 22ª rodada do Brasileirão daquele ano. Róger Guedes marcou duas vezes e garantiu o resultado para os corintianos. De lá para cá, são 3 vitórias dos palmeirenses e 4 empates.

FICHA TÉCNICA:PALMEIRAS X CORINTHIANS

PALMEIRAS - Weverton; Mayke, Murilo (Vitor Reis ou Marcos Rocha), Naves e Piquerez; Fabinho, Zé Rafael, Raphael Veiga e Gabriel Menino; Estêvão e Flaco López. Técnico: Abel Ferreira.

CORINTHIANS - Matheus Donelli; Matheuzinho, Cacá, Caetano (Gustavo Henrique) e Hugo; Raniele, Breno Bidon e Rodrigo Garro; Igor Coronado (Gustavo Mosquito), Wesley e Yuri Alberto. Técnico: António Oliveira.

ÁRBITRO - Anderson Daronco (Fifa/RS).HORÁRIO - 20h.LOCAL - Allianz Parque, em São Paulo (SP).

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.