Futebol Conselheiro do Cruzeiro é preso em operação da Polícia Federal em BH

Conselheiro do Cruzeiro é preso em operação da Polícia Federal em BH

 Márcio Antônio Marra está entre os presos da operação Escobar, que quer coibir suposto esquema de acesso a informações sigilosas em Minas Gerais

  • Futebol | Do R7

Sede administrativa do Cruzeiro, em Belo Horizonte

Sede administrativa do Cruzeiro, em Belo Horizonte

Reprodução Twitter

O conselheiro do Cruzeiro Márcio Antônio Camillozzi Marra foi preso na manhã desta quarta-feira (5), suspeito de retirar documentos sigilosos do sistema da Polícia Federal. O dirigente foi um dos presos na operação Ecobar, que investiga suposto esquema de acesso a informações restritas de investigações com o envolvimento de advogados e membros da própria PF. 

Márcio Marra é escrivão da Polícia Federal, em Belo Horizonte. Na última semana, ele foi escalado por Zezé Perrella, presidente do Conselho Deliberativo do Cruzeiro, para fazer parte de uma comissão provisória que tem o objetivo de apurar as denúncias feitas sobre irregularidades nas contas do clube. 

Curta a página do R7 Esportes no Facebook. 

Estudo mostra os clubes mais endividados do futebol brasileiro

Últimas