Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Conheça a história de mais um jogador, que representa o futebol do Brasil no exterior

Fabrício Isidoro é um dos destaques do Sporting Farense, equipe que acaba de subir para a primeira divisão de Portugal 

Futebol|Do R7

Fabrício Isidoro está em Portugal desde 2017
Fabrício Isidoro está em Portugal desde 2017 Fabrício Isidoro está em Portugal desde 2017

Depois de duas temporadas na LigaPro, a segunda divisão da liga portuguesa, o Sporting Clube Farense está de volta à elite do futebol português. O clube foi rebaixado na temporada 2019-20, mas conseguiu garantir a segunda colocação na tabela, atrás apenas do Moirense. E quem viveu esse processo de reconstrução foi o brasileiro Fabrício Isidoro, meio-campista de 31 anos. 

Isidoro chegou ao Farense em julho de 2017. Na época, o clube havia acabado de cair para a segunda divisão, depois de disputar a elite do futebol português na temporada 2016/17. Em 2023, o meia brasileiro disputará pela segunda vez o campeonato mais importante do país, depois de uma temporada de 30 jogos, 2 gols e 2 assistências. 

"Foi uma temporada muito boa mesmo. Conseguimos alcançar nosso objetivo, que era a subida de divisão, e felizmente conseguimos. Chegamos a abrir 11 pontos de vantagem das equipes que estavam fora da zona de classificação, mas tivemos uma queda de rendimento que chegamos até a sair da zona de acesso", lembra Isidoro. 

Depois do susto, porém, veio uma sequência de oito vitórias consecutivas que garantiram o Farense na primeira divisão. Na análise do jogador, isso mostra a força do futebol português. "É um campeonato muito difícil, muito competitivo, em que as equipes que estão em primeiro podem perder para o último", conta. 

Publicidade

A expectativa para a temporada 2023/24 é ainda maior. "A primeira liga de Portugal é muito boa. Atuar em grandes estádios, jogar contra Benfica, Sporting, Porto, Braga que são as principais equipes do do futebol português é bom", comemora o meia. 

Ele acredita que a força da torcida em casa fará diferença para o Farense na primeira divisão. "É uma torcida muito apaixonada por futebol e muito apaixonada pelo clube da cidade. Então, eu acho que isso pode ser um fator que nos favoreça."

Publicidade

Saudades do Brasil?

Priscila e os pequenos Lucca e Luna vivem felizes na cidade de Faro
Priscila e os pequenos Lucca e Luna vivem felizes na cidade de Faro Priscila e os pequenos Lucca e Luna vivem felizes na cidade de Faro

Fabrício Isidoro está em Portugal desde 2016 e foi lá que nasceram Lucca e Lunna, os filhos dele com a esposa Priscila. Em Faro, cidade onde ele joga, a família está totalmente adaptada e, principalmente, feliz com a vida em terras ibéricas.

"Eu gosto muito da minha vida em Portugal. O clima é muito bom, não é tão frio como em outras partes do país e o verão também é muito bom, é uma cidade de muitas praias. Nós estamos completamente adaptados, eu sempre tive muito apoio da torcida, das pessoas da cidade", diz o jogador. 

Publicidade

Apesar de toda felicidade e a adaptação em Portugal, Isidoro não perde a chance de voltar para o Brasil quando dá. Nascido em Belo Horizonte, o jogador e sua família aproveitam as férias do meio do ano para "recarregar" as baterias, mas também para manter as crianças próximas aos avós. 

"Eu sempre venho para o Brasil quando eu posso. Os anos que eu não vim foi pela pandemia, mas sempre quando tem férias eu venho para o Brasil. Venho ficar com a minha família e para os meus filhos também estarem com os avós, né? Nós temos saudade, claro, porque são praticamente 10 meses longe do Brasil, longe da família", conta Isidoro. 

"É muito bom estar aqui, passar um mês de férias, recarregar as baterias. E depois voltar para a próxima temporada muito forte, né? Que que é isso aqui que no que nos dá força: a família", completa o atleta. 

Atleta também tieta! Veja esportistas em momentos de fã com celebridades

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.