Futebol Clubes paulistas decepcionam torcedores novamente na Série B

Clubes paulistas decepcionam torcedores novamente na Série B

Em duas rodadas, nenhum time do estado de São Paulo venceu ainda, e na última não marcaram um gol sequer, em quatro jogos

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Guarani ficou no zero contra o Sport Recife

Guarani ficou no zero contra o Sport Recife

Thomaz Marostegan/Guarani FC

Os times paulistas continuam sem vencer no Campeonato Brasileiro da Série B. Finalizada a segunda rodada, Guarani, Ituano, Novorizontino e Ponte Preta somaram apenas três pontos e não marcaram um gol sequer.

Começando pelo Bugre, que recebeu o Sport Recife, no Brinco de Ouro da Princesa, no sábado (16) e empatou por 0 a 0. Para o técnico Daniel Paulista, o time foi melhor que os pernambucanos e merecia sair com um resultado melhor.

A verdade é que o time criou oportunidades para isso, mas desperdiçou grandes chances com o estreante Bruno José, cara a cara com Maílson, e com Nicolas Careca, que usou a cabeça para acertar a trave. No segundo tempo, o alviverde voltou a perder chances. O Bugre agora encara o Grêmio, pela terceira rodada, em Porto Alegre, na quinta-feira (21), às 16h30.

O Ituano também jogou em casa, contra o CSA, no sábado (16) e empatou em 0 a 0. O Galo foi dominante durante todo o jogo, mas parou no goleiro Marcelo Carné, principalmente no primeiro tempo, com destaque para defesa "à queima-roupa", em cabeçada de Bernardo Schappo. No final, o mesmo Schappo ganhou outra pelo alto e cabeceou rente à trave. O Ituano volta a campo no próximo sábado (23), para enfrentar o Vila Nova, às 19h, novamente no estádio Novelli Júnior, em Itu.

Jogando fora de casa, o Novorizontino fez sua estreia no campeonato, afinal, o jogo da primeira rodada, contra o CRB, será disputado somente no dia 4 de maio. Em Goiânia, contra o Vila Nova, o Tigre fez um jogo digno, mas permanece sem vencer uma partida em 2022, contando o Paulistão, do qual foi rebaixado. Na partida, o time chegou a assustar o Vila, com Danielzinho, aos 15 do primeiro tempo, mas, precisou se fechar para evitar a derrota, contando com boa atuação de Giovanni e com a trave, no último lance. Na terceira rodada, o Novorizontino joga fora de casa novamente, contra o Londrina, às 19h, no Estádio do Café.

O pior dos relatos é da Ponte Preta, que foi à Ponta Grossa e voltou com uma dolorosa derrota por 2 a 0 para o Operário-PR. O time até mostrou evolução com relação à estreia contra o Grêmio, mas não suportou a pressão dos paranaenses. Após algumas chances evitadas, a Macaca acabou sofrendo o primeiro aos 25, quando Reina cruzou e Bernardo, ao tentar cortar, acabou fazendo um golaço contra, encobrindo o goleiro Caíque França com uma chaleira. A Ponte quase conseguiu o empate em cabeçada de Fabrício, mas, no segundo tempo, acabou sofrendo mais um, desta vez de um velho conhecido: Thalles, que até ano passado era atleta do Guarani. No sábado (23), a Ponte Preta recebe o CRB, no Estádio Moisés Lucarelli, às 16h.

Com a segunda rodada, os paulistas somam sete jogos disputados, sem nenhuma vitória, cinco empates e duas derrotas. Os ataques também não demonstram estar calibrados, afinal, somente o Ituano marcou um gol até agora, no primeiro jogo.

Al Rihla revelada: relembre todas as bolas da história das Copas

Últimas