Futebol Ceni projeta volta contra o Ceará e alerta para gramado do Castelão

Ceni projeta volta contra o Ceará e alerta para gramado do Castelão

Técnico do São Paulo manteve os pés no chão após a vitória e explicou os pontos que precisa ajustar para o segundo duelo

  • Futebol | Do Live Futebol BR

O São Paulo venceu o Ceará por 1 a 0 na noite desta quarta-feira (3), e por isso vai com a vantagem para o jogo de volta das quartas de final da Copa Sul-Americana na Arena Castelão, em Fortaleza. Apesar do placar favorável, o técnico Rogério Ceni mantém os pés no chão e sabe que não terá vida fácil diante do Vozão na próxima quarta-feira (10).

“Vantagem é pequena, é uma vantagem. Faz com que o adversário se exponha. É mínima a vantagem. O América virou 3 a 1 em casa esses dias, o Ceará estava 1 a 0 e virou 3 a 1. Já imagina como será com o América do Mancini ou o Ceará. E no Brasileiro teremos jogos bem “tranquilos” com Flamengo e Bragantino”, analisou o treinador.

Além da sequência de partidas nas próximas semanas e da pequena vantagem adquirida, outro fator que preocupa é a situação do gramado do Castelão. A arena manda jogos tanto do Ceará quanto do Fortaleza e isso pode ser prejudicial na visão do treinador são-paulino.

Rogério Ceni em partida contra o Ceará pela Copa Sul-Americana

Rogério Ceni em partida contra o Ceará pela Copa Sul-Americana

Staff Images / CONMEBOL

“Estamos vendo os jogos no Castelão, que é um estádio fantástico, mas o principal que é o gramado, infelizmente muito jogo, todos jogaram ali, o gramado não aguenta. Vamos ter que pensar, pois isso entra na conta de um jogo. É difícil um gramado ruim para quem constrói. Para se defender, o gramado até auxilia. Vamos tentar observar o gramado no fim de semana”, ressaltou Ceni.

Apesar dos problemas apontados, o técnico Rogério Ceni sabe onde precisa ter mais cuidado e o que precisa fazer para evitar uma derrota e carimbar a classificação para a semifinal da Copa Sul-Americana.

“O Ceará é um time alto. Para abrir mão de três zagueiros, não temos tanta altura. Temos que nos defender das bolas paradas que são perigosas. O lado do Mendoza, temos que proteger melhor e atacar por outro lado, requer a atenção”, completou o treinador.

Agora, o São Paulo volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro. No próximo sábado (6), o Tricolor recebe o Flamengo pela 21º rodada da competição.

Quem é Nahuel Bustos? Como joga o argentino alvo do São Paulo

Últimas