Futebol Ceni lamenta empate e explica substituições no Majestoso

Ceni lamenta empate e explica substituições no Majestoso

Técnico elogiou a partida disputada pelo São Paulo, mas não escondeu a frustração pelo empate em 1 a 1 com o Corinthians

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Rogério Ceni em partida contra o Corinthians

Rogério Ceni em partida contra o Corinthians

Rubens Chiri - SPFC.Net

O técnico Rogério Ceni não escondeu a frustração pelo empate em 1 a 1 contra o Corinthians, na tarde deste domingo (22), em partida válida pelo Campeonato Brasileiro. Com um primeiro tempo bem acima, o São Paulo dominou o adversário e teve boas chances de matar a partida. Calleri foi o responsável por marcar o gol do Tricolor ainda no final da primeira etapa.

“O que mais chama a atenção é o volume do São Paulo como um todo, mas mais no primeiro, no segundo tendo a chance mais clara de fazer o gol da vitória. Viemos com uma linha de cinco, o Corinthians espelhou. Para nós era mais conveniente, Jô com Arboleda, Willian e Renato Augusto mais por dentro, não jogavam abertos. Nossos alas batiam com os alas deles”, analisou Ceni.

No retorno para o segundo tempo, Rogério Ceni realizou algumas mudanças na equipe e com isso, o São Paulo passou a ter menos chegadas no ataque. O Corinthians passou a crescer no jogo e dominou as melhores chances da segunda etapa. Nas redes sociais, torcedores criticaram as modificações realizadas por Ceni, e o treinador explicou a estratégia.

“Quando entra Adson e Willian, na minha cabeça a linha de quatro encaixa mais a marcação com eles abertos. Igor Vinicius o forte é ir à linha de fundo, para construir por dentro, o Rafinha constrói melhor. Achei que a linha de quatro funcionava melhor. Eles tiveram mais posse de bola, mais controle do jogo, olhei todo segundo tempo agora, não teve uma grande chance real de gol. Eram bolas cruzadas na área que afastamos, tiveram mais volume, não tiveram chances reais. Fizemos um primeiro tempo excepcional, poderíamos ter feito dois ou três gols. A mudança abrindo os jogadores, na minha concepção, seria melhor. Uma pena não ter saído vitorioso no dia de hoje, o São Paulo merecia”, completou o treinador.

Agora, o São Paulo se prepara para enfrentar o Ayacucho, pela última rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana. A partida acontece na quarta-feira (25), às 19h (de Brasília) no estádio do Morumbi. O Tricolor já está classificado para as oitavas de final da competição.

Veja imagens da festa vascaína na Arena da Amazônia, em Manaus

Últimas