Futebol Cartões de Santos e La Calera dariam para punir um time inteiro

Cartões de Santos e La Calera dariam para punir um time inteiro

Em fase ainda sem VAR, árbitro Jesus Valenzuela aplicou nove amarelos e três vermelhos em tumultuada vitória santista

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Baptistão levou amarelo aos 49' e vermelho aos 58' da etapa final

Baptistão levou amarelo aos 49' e vermelho aos 58' da etapa final

Ivan Storti/Santos FC

A tumultuada vitória do Santos sobre o Unión La Calera também vai ficar marcada na Copa Sul-Americana pelo total de cartões que saíram do bolso do árbitro venezuelano Jesus Valenzuela: doze – nove amarelos e três vermelhos. Ou seja: o bastante para repreender um time titular inteiro e o técnico.

Com o 1 a 0 santista marcado só aos 56' do segundo tempo, por Lucas Barbosa, o jogo, disputado na noite de quarta-feira (18), na Vila Belmiro, teve cinco jogadores amarelados de um lado e quatro do outro.

Do Santos, Camacho, João Paulo, Rodrigo Fernández, Léo Baptistão e Lucas Barbosa. Pelo La Calera, Sanhueza, Alarcón, Vidangossy e Oyanede. Ainda receberiam vermelho Léo Baptistão (pouco depois, portanto, de ter sido amarelado), John (goleiro no banco de reservas do Peixe) e Simón Ramíres, pelo time chileno.

Valenzuela teve como assistentes os compatriotas Tulio Moreno e Antoni Garcia. Não há VAR na fase de grupos da competição.

Situação no grupo

O Peixe agora lidera o grupo C com 10 pontos e só depende de si para ser o classificado. Na próxima e última rodada, recebe o lanterna Balfield, da Argentina, terça-feira (24), às 19h15, na Vila Belmiro.

Em mesmo dia e horário, e ainda com chance de chegar às oitavas de final, o La Calera, segundo colocado, com oito, mede forças com Universidad Católica-EQU no estádio Sausalito, em Viña del Mar, Chile.

Herói do título da Europa League é noivo de supermodelo brasileira

Últimas