Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Carro raro de 1974, que Pelé ganhou por milésimo gol, ficará exposto no cemitério do Rei

O corpo de Edson Arantes do Nascimento, o eterno camisa 10 do Brasil, está no Memorial Necrópole Ecumênica, em Santos

Futebol|Do R7

Carro de Pelé teve mais de 15 donos antes de voltar às mãos do ex-jogador
Carro de Pelé teve mais de 15 donos antes de voltar às mãos do ex-jogador Carro de Pelé teve mais de 15 donos antes de voltar às mãos do ex-jogador

O Memorial Necrópole Ecumênico, onde está enterrado o Rei Pelé, ficará com o carro famoso do Rei para exposição. Trata-se de uma Mercedes rara, entregue pela própria desenvolvedora de carros ao ídolo do futebol mundial em 1974, por ele ter chegado à marca de mil gols.

O automóvel permanecerá ao lado de outros carros antigos em exposição no 1º andar do cemitério vertical, no qual o ídolo mundial foi sepultado.

Além do veículo, duas estátuas do próprio ex-jogador foram colocadas na entrada do memorial. A área reservada para o Rei tem 200 m² e é inteiramente revestida de grama sintética, além de outras homenagens a ele nas paredes.

A história dos carros especiais do Rei

Pelé marcou o gol número 1.000 em 1969, contra o Vasco, no Maracanã. Naquele ano, a Mercedes o presenteou com um modelo 250 W114. A ideia foi do empresário e ex-presidente do Bayern de Munique Ronald Endler. Cinco anos depois, o Rei do Futebol recebeu o modelo S-280.

Publicidade

Após algum tempo, Pelé vendeu o modelo S-280, que passou por outros 18 donos antes de voltar às suas mãos — em 2004, 35 anos depois do milésimo gol, a Mercedes encontrou o veículo e o devolveu, restaurado, ao ídolo do esporte.

A Mercedes blindou e colocou peças novas no automóvel. Dessa forma, ele se tornou um dos favoritos de Pelé, que colecionou carros durante e depois de sua carreira. Em 1958, com apenas 17 anos e sem permissão para dirigir no Brasil, ele foi presenteado com um Romi-Isetta. O carro lhe foi dado após a conquista inédita da Copa do Mundo.

Publicidade

Pelé morreu, aos 82 anos, na última quinta-feira (29), vítima de complicações de um câncer no cólon. Ele ficou internado em torno de um mês, mas partiu no fim de 2022, no Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

No adeus a Pelé, veja as imagens mais marcantes dos fãs no cortejo do Rei

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.