Campeonato Paulista Último gol olímpico marcado pelo Corinthians completa 11 anos

Último gol olímpico marcado pelo Corinthians completa 11 anos

Lateral Roberto Carlos conseguiu o feito ao cobrar escanteio direto para gol contra a Portuguesa na estreia do Paulistão de 2011

Roberto Carlos comemora gol olímpico pelo Timão

Roberto Carlos comemora gol olímpico pelo Timão

Daniel Augusto/Agência Corinthians (16/01/2011)

O Corinthians usou suas redes sociais para relembrar o último gol olímpico marcado pelo time, um feito raro que completou 11 anos neste domingo (16).

O autor da façanha foi o lateral-esquerdo Roberto Carlos, que — no seu estilo — mandou uma bomba e pegou o goleiro Weverton de surpresa. Hoje titular absoluto do rival Palmeiras, o arqueiro defendia a meta da Portuguesa na partida que marcou a estreia dos times no Paulistão de 2011, no Pacaembu.

O gol do lateral foi o segundo do Timão e contou com participação de Paulinho, que enganou a defesa da Lusa com um corta-luz. O volante, aliás, foi o nome do jogo, anotando o tento que abriu caminho para a vitória por 2 a 0.

Além de Roberto Carlos, o Corinthians de 2011 contava com outro pentacampeão mundial: Ronaldo Fenômeno. Comandado por Tite, o time que seria vice-campeão estadual (o Santos levou a melhor) foi escalado na estreia, contra a Portuguesa, com: Julio Cesar; Moacir, Chicão, Leandro Castán, Roberto Carlos; Ralf, Jucilei, Paulinho e Bruno César; Dentinho e Ronaldo Fenômeno.

Vale lembrar que a última vez que o corintiano comemorou um gol olímpico foi no futebol feminino, quando a volante Ingryd conseguiu o feito num dérbi contra o Palmeiras na Neo Química Arena, em partida válida pela semifinal do Campeonato Brasileiro de 2020.

De acordo com o livro "Almanaque do Corinthians", do jornalista Celso Unzelte, o gol de Ingryd foi o 12º olímpico na história do clube, sendo o primeiro no estádio corintiano.

Lembra deles? Veja os medalhões que vão disputar os estaduais

Últimas