Campeonato Paulista Sylvinho não resiste à derrota em clássico e é demitido do Corinthians

Sylvinho não resiste à derrota em clássico e é demitido do Corinthians

Treinador, muito criticado pela torcida, encerrou a passagem pelo clube em que brilhou em campo com um aproveitamento de 48%

  • Campeonato Paulista | André Avelar e Felippe Scozzafave, do R7

Sylvinho não é mais o técnico do Corinthians. Ele não resistiu à derrota para o Santos no clássico desta quarta-feira (2), pelo Paulistão, e foi demitido ainda nos vestiários da Neo Química Arena.

O treinador, apesar dos bons resultados no último Brasileirão, quando levou o time à vaga direta na fase de grupos na Libertadores, nunca caiu nas graças da torcida. A pressão ficou ainda mais evidente no último domingo. Mesmo com a vitória do time para cima do Santo André, os torcedores xingaram muito o técnico e pediram a sua saída.

Sylvinho foi derrotado por Carille no clássico e acabou demitido do Corinthians

Sylvinho foi derrotado por Carille no clássico e acabou demitido do Corinthians

EDU GARCIA/R7 - 2.2.2022

Nesta quarta, o cenário foi o mesmo. Primeiro, ele foi muito vaiado na escalação oficial do time. Ao fim do jogo, as "homenagens" a Sylvinho ficaram ainda mais acentuadas. Poucos minutos depois, ele foi demitido.

"Após o jogo, nos reunimos no vestiário, eu e a diretoria de futebol, e entendemos ser o momento de interromper o trabalho do nosso treinador e fazer uma correção de rota. Aproveito para agradecer todo empenho do Sylvinho, todo o trabalho, toda a dedicação ao Corinthians e de sua comissão. Amanhã [quinta] nos reuniremos novamente para decidir os próximos passos”, disse o presidente Duilio Monteiro Alves, explicando a demissão.

Ao todo, o treinador comandou o Corinthians em 43 jogos, com 16 vitórias, 14 empates e 13 derrotas, com um aproveitamento de 48%.

Paulistão: Confira as melhores fotos do duelo entre Corinthians e Santos

Últimas