Campeonato Paulista Rafael Pascoal vê 'disputa sadia' no gol do Botafogo de Ribeirão Preto

Rafael Pascoal vê 'disputa sadia' no gol do Botafogo de Ribeirão Preto

Um dos mais experientes do elenco tricolor, jogador de 31 anos já trabalhou com o treinador Leandro Zago em Santa Catarina

Goleiro Rafael Pascoal, do Botafogo-SP, em treino para o Paulistão 2022

Goleiro Rafael Pascoal, do Botafogo-SP, em treino para o Paulistão 2022

João Victor Menezes/Agência Botafogo

O goleiro Rafael Pascoal, um dos reforços do Botafogo-SP para a temporada 2022, disse ver uma disputa sadia pela titularidade no gol do Tricolor de Ribeirão Preto.

O jogador elogiou os concorrentes da posição e afirmou que a briga será positiva. Atualmente, os outros goleiros do Pantera são Deivity, que estava no Ypiranga-RS, e os pratas da casa Henrique e João Vitor.

"É muito importante ter jogadores de alto nível para a mesma posição, já que ajuda no crescimento e na evolução de cada um. Além do Deivity, temos o Henrique e o João Vitor, que também já mostraram potencial. Estamos encarando os treinamentos como uma partida e essa disputa será sadia”, disse, em entrevista para a TV Botafogo na terça-feira (11).

Aos 31 anos, Pascoal é um dos jogadores mais experientes do elenco botafoguense e foi pedido do treinador Leandro Zago, com quem trabalhou no Joinville.

“O Leandro Zago é um ótimo treinador, o melhor que já trabalhei. Ele trabalha a parte individual e psicológica do atleta, o que faz muita diferença. Tenho certeza que o Leandro fará um ótimo trabalho no Botafogo”, afirmou o arqueiro, que assinou contrato até o final da temporada.

O jogador de 1,92m, apesar de alto, tem como característica jogar com os pés, algo que, segundo ele, é importante para a posição na atualidade.

“Sou um goleiro que procuro orientar meus companheiros e evoluir no dia a dia. A característica minha que mais chama a atenção é que eu jogo com os pés, o que o futebol moderno exige. Estou super feliz em vestir a camisa do Botafogo, que é um clube tradicional. Temos três competições importantes pela frente e vamos buscar atingir os objetivos do clube”, completou.

Além do Joinville, Rafael também atuou por São Bernardo, Bragantino, Portuguesa e Rio Claro.

O Tricolor faz sua estreia no Paulistão no próximo dia 25, contra o Santo André, em casa. A equipe está no Grupo C, junto de Palmeiras, Ituano e Mirassol.

Raio-x do Paulistão: veja como chegam os clubes para o torneio

Últimas