Campeonato Paulista Presidente da Ponte Preta fala sobre possíveis chegadas e saídas 

Presidente da Ponte Preta fala sobre possíveis chegadas e saídas 

Marco Antônio Eberlin atualizou casos de Lucca e Ivan e garantiu que Dedé veio com salário 'dentro da realidade financeira do clube'   

O presidente da Ponte Preta, Marco Antônio Eberlin, concedeu entrevista coletiva na última segunda-feira (10) para falar sobre diversos assuntos relacionados à Macaca, entre eles, as possíveis transferências, como o retorno de Lucca e a saída do goleiro Ivan.

O atacante, de 31 anos, que teve uma boa passagem pelo clube em 2017, depende da rescisão com seu atual clube, o Fluminense, para fechar. Segundo o jornalista Lucas Rossafa, do “Correio Popular”, ele já teria aceitado reduzir o salário para assinar. O presidente confirmou a negociação.

Presidente da Macaca, Marco Antônio Eberlin concedeu entrevista coletiva na segunda-feira

Presidente da Macaca, Marco Antônio Eberlin concedeu entrevista coletiva na segunda-feira

PontePress/DiegoAlmeida

“Existe uma negociação, que ainda não terminou. Isso pode ocorrer, não é certeza, mas estamos tentando trazer o Lucca de todas as formas. Volto a insistir que não tiramos dinheiro para trazer, pagando luvas ou intermediários, até porque tem salários em aberto de funcionários, seria absurdo fazermos isso. Inclusive tem jogador que veio, como dois do Corinthians, com salários pagos pelo time de origem”, detalhou.

Eberlin ainda comentou sobre uma possível chegada do meio-campista Wellington Nem, de 29 anos, que está no Cruzeiro. Segundo o presidente, as conversas ainda estão “mornas”.

Goleiro Ivan

Sobre o goleiro de 24 anos, ele informou que não foi procurado pelo Corinthians, apontado como interessado na contratação e que a Macaca não deve ter lucros com a venda.

“Dificilmente vamos obter lucro financeiro com a venda do Ivan. Apesar dos direitos pertencerem à Ponte, o clube contratou mútuos tendo como garantia a venda do Ivan, na ordem de 10, 12 milhões de reais. Então dificilmente vai obter lucro, mas de qualquer forma, oficialmente, até a tarde de hoje (segunda) não fui procurado pela diretoria do Corinthians para negociar o atleta", garantiu o mandatário.

Já sobre Moisés, principal jogador da Ponte na última temporada, que teria interesse do Grêmio, Eberlin disse que troca de jogadores estão descartadas e empréstimo ou venda precisam render ao clube.

“Se houver proposta e for bom para a Ponte Preta, aí pode haver negociação e divulgaremos”, concluiu.

Realidade financeira

Na ocasião, o dirigente pontepretano também foi questionado sobre o padrão salarial do clube, que tem suas dívidas trabalhistas, mas trouxe nomes conhecidos no futebol nacional, como é o caso do zagueiro Dedé, ex-Cruzeiro. Segundo ele, o principal reforço do time para o Paulistão 2022, chega com salários dentro do padrão atual.

"O Dedé veio para a Ponte Preta com a realidade financeira do clube, e não com a que ele viveu num passado recente", afirmou.

Mais reforços

A Ponte Preta deve anunciar, nos próximos dias, mais alguns reforços. O goleiro Caíque França e o zagueiro Fabrício Dornellas já treinam com o grupo. Além deles, o lateral Igor Formiga, do Corinthians, deve chegar por empréstimo.

O meia João Pedro, do Athletico-PR, deve fechar até o final da Série B. O atacante Luiz Fernando, que estava no elenco do América-MG na última temporada, e tem vínculo com o Tombense-MG, também deve chegar.

A Macaca faz sua estreia no Paulistão no próximo dia 26, contra o Palmeiras, no Allianz Parque, em São Paulo. A equipe está no Grupo D, junto de Santos, Red Bull Bragantino e Santo André

Mercado da bola: confira as negociações do seu clube para 2022

Últimas