Campeonato Paulista Paulistão já teve quatro 'zebras' em finais e uma delas foi com o Palmeiras

Paulistão já teve quatro 'zebras' em finais e uma delas foi com o Palmeiras

Inter de Limeira, Ituano, Bragantino e São Caetano já foram os 'carrascos inesperados' do Campeonato Paulista

Resumindo a Notícia
  • Água Santa é 'zebra' na final e disputa com atual campeão do Paulistão

  • Campanhas surpreendentes já foram 'surpresa' outras quatro vezes

  • Alviverde já perdeu final para equipe considerada 'zebra'

  • Netuno e Verdão se enfrentam neste domingo (2), pela decisão do Campeonato Paulista

Campanha do Água Santa bateu São Paulo e RB Bragantino antes da decisão

Campanha do Água Santa bateu São Paulo e RB Bragantino antes da decisão

LEONARDO SGUAçABIA/THENEWS2/ESTADÃO CONTEÚDO - 31.03.2023

É dia de final de Paulistão! Neste domingo (2), o Água Santa recebe o Palmeiras com a missão de repetir o feito que apenas quatro clubes conseguiram: vencer o favorito, mesmo sendo a 'zebra' da final. Inter de Limeira, Bragantino, São Caetano e Ituano, em edições diferentes do torneio, os quatro foram as surpresas na decisão e acabaram campeões do estado de São Paulo.

Dessa vez, ficou para o Netuno a missão de derrubar o grande favorito. Além disso, o clube de Diadema pode se inspirar na história do Paulistão, já que uma dessas 'zebras' aconteceu, justamente, com o Palmeiras.

Uma gigante Inter de Limeira no caminho Alviverde

Foi em 1986 que a Inter de Limeira fez história e se consagrou campeã paulista diante do atual vencedor do torneio. Fazia uma década que o Verdão não chegava na final do estadual e o empate no jogo de ida deixou tudo ainda mais tenso para os torcedores. Porém, o Palmeiras não contava com a força do Leão da Paulista e acabou perdendo o Paulistão, por 2 a 1.

'Final caipira'

Na decisão do Paulistão de 1990, o Bragantino venceu o Novorizontino de Nelsinho Baptista e terminou como campeão estadual daquele ano. Apesar da final não ter sido contra um dos quatro grandes de São Paulo, a decisão ficou conhecida como zebra justamente por ter dois times 'surpresas' como finalistas. Os empates sem gols nos jogos de ida e volta deram a vantagem para o time de Bragança, que teve a melhor campanha e venceu o Paulistão.

Título para o ABC Paulista

O São Caetano também já protagonizou uma final caipira, diante do Paulista de Jundiaí, em 2004. Sob o comando de Muricy Ramalho, o Azulão mandou o Palmeiras para casa na semifinal e na decisão, bateu o time de Jundiaí duas vezes.

Conquista digna de um time de Itu

A última 'zebra' emblemática foi em 2014. O Ituano chegou embalado depois de vencer o Verdão na semifinal e diante do Santos na decisão, o time de Itu não fez feio e, nos pênaltis, garantiu o título em cima do Peixe. Foi o segundo título do time do interior, mas o primeiro não pode ser enquadrado como 'zebra', já que foi em um torneio sem a presença dos quatro grandes do estado.

Água Santa e Palmeiras se enfrentam neste domingo (2), às 16h, na Arena Barueri. É o jogo de ida da final do Paulistão 2023. A partida será transmitida pela Record TV e pelo R7. De um lado, o Netuno tenta desbancar a campanha invicta do atual campeão e do outro, o Alviverde, que não perde no palco da decisão desde 2012.

Palmeiras tem folha salarial 22 vezes maior que do Água Santa; entenda as duas realidades

Últimas