Campeonato Paulista Ivan Baitello não se abala com críticas sofridas no Mirassol

Ivan Baitello não se abala com críticas sofridas no Mirassol

Treinador interino assumiu o comando do Leão após a saída de Eduardo Baptista para o Juventude-RS e falou sobre desempenho

Ivan Baitello em entrevista coletiva no Mirassol

Ivan Baitello em entrevista coletiva no Mirassol

Marcos Freitas/Agência Mirassol

O técnico interino do Mirassol, Ivan Baitello, afirmou que não se abala com as críticas que tem recebido desde que assumiu a equipe, após a saída de Eduardo Baptista para o Juventude

“Quando não se ganha jogo, vem a cobrança. De repente pelo fato de eu ser de Mirassol e as pessoas me conhecerem, isso potencializa a crítica. Mas também recebo muitos elogios, mensagens de estímulo, então tem os dois lados. Temos de estar preparados para isso”, disse o treinador interino.

Sob o comando de Baitello, o Mirassol teve duas derrotas e um empate, sendo eliminado na segunda fase da Copa do Brasil para o Azuriz-PR. No Paulistão, os últimos tropeços fizeram o Mirassol cair para a lanterna do Grupo C, com 17 pontos, um atrás de Ituano e Botafogo, fazendo com que o Leão não dependa só de si na última rodada.

Para avançar, o Mirassol precisa vencer a Ferroviária, em Araraquara, e torcer por tropeços de Ituano e Botafogo para Ponte Preta e São Paulo, respectivamente. Os dois também jogam fora de casa. Essas três partidas da última rodada estão marcadas para sábado, às 16 horas.

Brasil está no Top 3 das camisas mais caras de futebol

Últimas