Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Campeonato Paulista - NO REFRESH
Publicidade

Inter bate Ferroviária nos pênaltis e avança no Troféu do Interior

Na despedida do técnico Elano, time de Araraquara teve a vitória nas mãos, cedeu empate e caiu nas cobranças alternadas em casa

Campeonato Paulista|Do Live Futebol BR


Hygor, da Ferroviária, marcou, mas viu time cair
Hygor, da Ferroviária, marcou, mas viu time cair

Pelo Troféu do Interior, a Ferroviária foi eliminada pela Inter de Limeira nos pênaltis, por 5 a 3, após 1 a 1 no tempo normal. O jogo foi disputado na noite desta sexta-feira (25), no estádio da Fonte Luminosa, em Araraquara.

A Inter agora pega o Botafogo-SP na segunda-feira (28) pelas semifinal.

Na Ferrinha, o clima já era de despedida do técnico Elano Blumer – que, de comum acordo com a diretoria, sai após a competição.

O jogo foi muito movimentado do começo ao fim. E com os donos da casa, com apoio da torcida, tomando todas as iniciativas nessas quartas de final da competição.

Publicidade

Leia também

Logo aos 12 minutos, Didi, da Ferroviária, tratou de meter a cabeça na bola e carimbar a trave após escanteio. Era um aviso do que viria a seguir.

Aos 19’, a confirmação do empenho e da confiança. Hygor, atacante da Ferrinha, entrou na pequena área, venceu os defensores e chutou para abrir o placar: 1 a 0.

Publicidade

A Inter sentiu o impacto, mas tentou não se abater. Thiago Alagoano chegou a estar na cara do gol, mas desperdiçou.

Etapa final

Publicidade

Muita movimentação e mudanças adotadas pelos técnicos, mas sem a intensidade capaz de alterar a situação. A Ferroviária seguiu assimilando bem os ímpetos de ataque da Inter.

Morna, a partida seguiu sem grandes emoções. A Inter buscou encontrar espaços com uma novidade em campo, Diego Tavares, ao mesmo tempo em que a buscou se recompor com Gegê no ataque.

O time visitante mudou mais peças, mas nada surtia efeito na mudança do contexto. Com apoio de Saulo, o seguro goleiro da Ferrinha, que fechou o gol na reta final em chutes perigosos da Inter.

Fechou até Diego Tavares mudar tudo: na cara do gol, o jogador da Inter empatou o duelo: 1 a 1, aos 44'. Final de jogo e decisão nos pênaltis.

Nas penalidades, Didi, da Ferroviária, bateu no travessão a segunda cobrança e frustrou a torcida local. No fim, Calixto cobrou para a Inter e definiu: 5 a 3. Ferroviária é eliminada na despedida do técnico Elano.

FICHA TÉCNICA

Ferroviária 1 (3) x 1 (5) Inter de Limeira

Local: Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)

Data e hora: sexta-feira (25), às 21h

Árbitro: Vinícius Furlan

Assistentes: Rafael Souza e Gustavo Oliveira

Gols (tempo normal): Hygor aos 19'/1ºT (Ferroviária); Diego Tavares aos 44'/1ºT (Inter de Limeira).

FERROVIÁRIA: Saulo; Vidal, Didi, Bruno Leonardo e Breno Lopes; Vitinho, Guilherme Nunes (Uillian Correia), Thomaz (Rafael Luiz), Gegê (Netto); Hygor (Julio Vitor), Bruno Mezenga. Técnico: Elano Blumer

INTER DE LIMEIRA: Lucas Frigeri, Celsinho, Matheus Mancini, Renan Fonseca, Tito, Léo Duarte, Thiago Alagoano (Calixto), Renato Cajá (Diego Tavares), Júlio Rusch (Léo Silva); Lima e Osman. Técnico: Vinícius Bergantim

Relembre 7 momentos pitorescos que marcaram o Paulistão 2022

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.