Campeonato Paulista Grandes defendem hegemonia de oito anos no Campeonato Paulista

Grandes defendem hegemonia de oito anos no Campeonato Paulista

Última vez que um clube do interior conquistou o título estadual foi em 2014

Jogadores do Palmeiras comemoram o título do Campeonato Paulista de 2022

Jogadores do Palmeiras comemoram o título do Campeonato Paulista de 2022

Edu Garcia/R7 - 03.04.2021

O Campeonato Paulista é considerado por muitos como o estadual mais difícil do Brasil, até pela força dos clubes do interior. Mesmo assim, a superioridade dos grandes é notória. Não é à toa que há oito edições o título fica nas mãos de Corinthians, Palmeiras, São Paulo e Santos.

A última vez que isso não aconteceu foi em 2014. Na ocasião, o Ituano surpreendeu a todos ao levar a melhor sobre o Santos, nos pênaltis. O time comandado por Doriva não tinha nomes famosos e teve o zagueiro-artilheiro Anderson Salles como grande destaque.

Depois disso, o título do Paulistão ficou concentrado entre os quatro grandes. O Santos venceu 2015 e 2016, enquanto o Corinthians foi tricampeão (2017, 2018 e 2019). O Palmeiras acabou com a hegemonia do Timão em 2020 e voltaria a ser campeão no ano passado. Em 2021, o São Paulo ergueu o troféu.

A atual fórmula, inclusive, contribuiu para essa hegemonia. Desde que o Paulistão passou a ser disputado com 16 clubes divididos em quatro grupos - em 2017 -, a única vez que os grandes foram ameaçados foi na sua primeira edição, quando a Ponte Preta chegou na final e perdeu para o Corinthians.

Tudo indica que em 2023 o título fique entre Santos, São Paulo, Corinthians e Palmeiras. Com Peixe e Tricolor passando por processos de reformulação, Timão e Verdão, que mantiveram a base do ano passado, são considerados os grandes favoritos. Resta saber se haverá alguma surpresa.

De volta à elite depois de sete anos, a Portuguesa quer fazer bonito, assim como o tradicional Guarani, que nunca foi campeão paulista. A maior ameaça, porém, é o RB Bragantino. Com um investimento muito maior do que os outros clubes do interior, o Braga tenta apagar a má impressão deixada na temporada passada, quando teve um desempenho aquém das expectativas.

A bola vai rolar no Paulistão a partir de sábado (14), com destaque para os jogos de Palmeiras e Santos, que enfrentam São Bento e Mirassol, respectivamente. No domingo (15), o Corinthians visita justamente o RB Bragantino, enquanto o São Paulo recebe o Ituano.

Rogério Ceni já trabalhou com nove goleiros diferentes no São Paulo

Últimas