Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Campeonato Paulista - NO REFRESH
Publicidade

Água Santa desafia invencibilidades do Palmeiras em primeira final do Paulistão

Verdão ainda não perdeu na atual edição do estadual e não é derrotado na Arena Barueri, palco da primeira final, desde 2012

Campeonato Paulista|Pietro Otsuka, do R7


O Água Santa enfrenta o Palmeiras neste domingo (2), às 16h (de Brasília), pelo jogo de ida das finais do Campeonato Paulista. No duelo, que terá transmissão do R7 e da Record TV, o Netuno desafiará um gigante do futebol brasileiro, que está invicto neste Paulistão. Além disso, o Verdão não perde na Arena Barueri, palco da primeira partida, desde 2012. 

Ao longo da história, o Palmeiras disputou 30 jogos na Arena Municipal Orlando Batista Noveli, popularmente conhecida como Arena Barueri. O histórico é amplamente favorável à equipe paulistana, que soma 19 vitórias, sete empates e apenas quatro derrotas — todas estas, porém, para times de fora de São Paulo.

Água Santa e Palmeiras se enfrentam no domingo (2), pelo jogo de ida das finais do Paulistão
Água Santa e Palmeiras se enfrentam no domingo (2), pelo jogo de ida das finais do Paulistão

A última derrota em Barueri aconteceu há mais de uma década, lá atrás, em 2012. Naquela ocasião, o Verdão perdeu por 1 a 0 para o Internacional. E, se o histórico geral já é favorável à equipe da Barra Funda, o retrospecto mais recente dá ainda menos esperanças ao Água Santa: nas últimas cinco vezes que atuou na Arena Barueri, o Palmeiras venceu todos os jogos. 

Brasileirão 2012: Palmeiras 1 x 0 Flamengo;

Publicidade

Paulistão 2019: Palmeiras 1 x 0 Oeste-SP;

Brasileirão 2021: Palmeiras 1 x 0 Ceará;

Publicidade

Brasileirão 2022: Palmeiras 3 x 0 Corinthians;

Copa do Brasil 2022: Palmeiras 2 x 1 Juazeirense.

Já neste Paulistão o Palmeiras detém mais uma invencibilidade a ser desafiada pelo Água Santa. Em 14 jogos, a equipe de Abel Ferreira soma dez vitórias e quatro empates, além de deter a melhor defesa da competição, com apenas cinco gols sofridos. Fora isso, o Verdão não foi vazado em dez partidas do campeonato. 

Se vencer o Água Santa na decisão deste ano, o Palmeiras poderá voltar a ser campeão paulista de forma invicta depois de 51 anos. Em 1972, o Verdão conquistou o Paulistão com uma histórica campanha de 15 vitórias e sete empates, em 22 jogos. Além do título daquele ano, o Palmeiras foi campeão paulista de forma invicta em outras duas oportunidades: 1926 e 1932, quando ainda era Palestra Itália. 

Desafio ao "impossível"

Mas, para quem já desafiou o "impossível" nesta edição, tudo pode acontecer. O Água Santa chega às finais do Paulistão depois de uma campanha sólida na fase de grupos, com sete vitórias, dois empates e três derrotas, o que levou o Gigante de Diadema pela primeira vez ao mata-mata estadual.

Nas quartas, bateu o favorito São Paulo e, nas semis, o também favorito RB Bragantino. Apesar de já ter perdido para o Palmeiras na atual edição (por 1 a 0, na oitava rodada da fase de grupos), pertence ao Netuno o resultado mais elástico no histórico de confronto entre as duas equipes: 4 a 1 sobre o Verdão, em 2016, ano de estreia do time de Diadema em campeonatos paulistas.

Não sabemos se o Água Santa será capaz de quebrar as invencibilidades do Palmeiras na decisão, mas a edição deste ano já nos provou inúmeras vezes que nem sempre o favorito leva a melhor. 

Depois do jogo deste domingo (2), as duas equipes voltam a se enfrentar no próximo domingo (9), também às 16h (de Brasília), mas no Allianz Parque, pela partida de volta das finais do Campeonato Paulista. Assim como o duelo da ida, você acompanha todas as emoções da histórica decisão no R7 e na Record TV

Oscar Pistorius, preso por assassinar namorada, tem liberdade condicional negada

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.