Campeonato Paulista Abel Ferreira minimiza as chances desperdiçadas pelo Palmeiras

Abel Ferreira minimiza as chances desperdiçadas pelo Palmeiras

Técnico também negou que o meia Raphael Veiga tenha atuado como centroavante na vitória diante do Santo André neste sábado

Abel Ferreira durante a vitória sobre o Santo André no Allianz Parque pelo Paulistão

Abel Ferreira durante a vitória sobre o Santo André no Allianz Parque pelo Paulistão

CESAR GRECO/ SITE OFICIAL DO PALMEIRAS

O Palmeiras do técnico Abel Ferreira manteve a invencibilidade no Campeonato Paulista após a vitória por 1 a 0 diante do Santo André, na noite desde sábado (19), no Allianz Parque. Após a partida, o treinador português afirmou que está na equipe para desenvolver os reforços contratados e minimizou as chances desperdiçadas pelo time. 

"Não compramos jogadores prontos. Só estou no Palmeiras para ganhar títulos. Estou aqui para poder potencializar os meus atletas", afirmou, durante a coletiva de imprensa após o quinto triunfo pelo Paulistão diante de mais de 20 mil palmeirenses.

"Com os mesmos jogadores já fizemos 6 (gols) na Libertadores. O que nos dá a certeza e confiança é que estamos no caminho certo, criando, fazendo. Muitas foram bloqueadas, falhamos em situações claras, mas o futebol é isso. É estar focado, com calma na área, uma zona quente. Não pode ser afobado na frente do gol. Mas eles estavam bem posicionados", destacou o treinador.

"Para mim 1 a 0 nunca é controlado, mas mais uma vez teve comprometimento da equipe, ciente das tarefas. Criamos um volume enorme e o caminho é esse", completou.

Abel também comentou sobre o posicionamento de Raphael Veiga na partida, que em alguns momentos pareceu estar atuando de centroavante.

"Ele não jogou de falso 9, jogou de 10. Exatamente da mesma posição que joga. O que fizemos foi pegar nosso centroavante, o Rony, e colocarmos para a esquerda."

Agora, o Palmeiras se programa para jogar a final da Recopa Sul-Americana, contra o Athletico-PR. O confronto de ida será na próxima quarta-feira (23), às 21h30, na Arena da Baixada, em Curitiba.

Últimas