Campeonato Carioca Orgulho da Baixada, Nova Iguaçu sonha alto nesta temporada

Orgulho da Baixada, Nova Iguaçu sonha alto nesta temporada

Com o calendário de 2022 cheio, clube carioca ainda disputará a Copa do Brasil e a Série D do Campeonato Brasileiro

Samuel, destaque no Nova Iguaçu, em jogo-treino contra o Flamengo

Samuel, destaque no Nova Iguaçu, em jogo-treino contra o Flamengo

Vitor Melo/Nova Iguaçu

Depois de três anos, o Nova Iguaçu conseguiu retornar para a elite do Campeonato Carioca na temporada passada, vindo do título da Série B1 conquistado em 2020. Logo de cara, o Orgulho da Baixada conseguiu terminar na sexta posição do último estadual, o suficiente para sonhar alto no Cariocão 2022.

Um dos fatores que motiva o grupo é o calendário cheio. Para 2022, além do estadual, o time encara a Copa do Brasil e a Série D do Campeonato Brasileiro.

Ex-jogador do clube nos anos 1990, com 29 anos de casa e identificação de sobra, o técnico Carlos Vitor, 50, é quem comanda o Nova Iguaçu. Velho conhecido, ele esteve à frente de todas as equipes de base e do time profissional por diversas vezes, como na Copa Rio de 2015 e nas rodadas finais do Carioca de 2019.

No elenco, um dos jogadores que tem se destacado é o atacante Samuel, de 21 anos, que está de volta depois de sete anos. Campeão pela Seleção Brasileira sub-15, ele teve passagem pelo Fluminense e foi emprestado para o Vitória (BA) na última temporada. 

O Nova Iguaçu entrará em campo pelo Campeonato Carioca nesta quarta-feira (26), às 15h30, contra o Angra Audax, no Estádio Elcyr Resende de Mendonça, em Bacaxá.

Raio-X: confira como chegam os clubes para o Cariocão 2022

Últimas