Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esportes NO REFRESH
Publicidade

Nova Iguaçu vence o Madureira e confirma vaga na Copa do Brasil

Resultado também garantiu o Orgulho da Baixada na disputa da Taça Rio e o Resende com a outra vaga na competição nacional

Campeonato Carioca|Do Live Futebol BR

Jogando em casa, Nova Iguaçu fez 3 a 0 no Madureira na manhã deste domingo
Jogando em casa, Nova Iguaçu fez 3 a 0 no Madureira na manhã deste domingo Jogando em casa, Nova Iguaçu fez 3 a 0 no Madureira na manhã deste domingo

Em duelo válido pela 11ª e última rodada do Campeonato Carioca, o Nova Iguaçu venceu o Madureira por 3 a 0 na manhã deste domingo (13) e confirmou sua classificação para a disputa da Copa do Brasil 2023 e da Taça Rio - torneio que reúne do 5º ao 8º colocados na tabela de classificação da Taça Guanabara (a primeira fase do estadual).

Com o resultado, o Nova assegurou o título da Taça Independência, que foi batizada de Troféu José Luiz de Magalhães Lins Filho. A disputa leva em consideração os duelos entre os times do Cariocão fora os quatro grandes (Fluminense, Flamengo, Botafogo e Vasco). O melhor colocado garante vaga na Copa do Brasil. O Resende, segundo melhor nessa disputa, também está na disputa do torneio nacional da próxima temporada.

Leia também

Jogando em casa, no Estádio Jânio Moraes, o Nova Iguaçu deixou para marcar só no segundo tempo. Andrey fez duas vezes e Gabriel Santana anotou o terceiro para garantir o triunfo do Orgulho da Baixada, que chegou aos 14 pontos subindo para a 5ª posição. O time só espera o resultado do Resende, que tem 12 pontos e encara o Vasco na tarde deste domingo, para saber sua colocação final.

Já o Madureira permanece com 11 pontos, cai para a oitava posição, e tem sua vaga para a Taça Rio ameaçada pelo Angra Audax. O time de Angra dos Reis soma 10 pontos, é o primeiro fora do G-8, mas ainda joga contra o Botafogo na tarde deste domingo.

Publicidade

O título da Taça Rio, chamada de "torneio de consolação", é cobiçado pelos clubes de menor expressão do estadual. Além de dar R$ 1 milhão ao campeão, o vencedor do torneio ainda disputa a Série D do Campeonato Brasileiro, garantindo calendário ao longo da temporada.

O jogo

Publicidade

No duelo direto pela Taça Rio, o Nova Iguaçu fez valer o mando de campo e começou pressionando a defesa do Madureira. A equipe do Tricolor Suburbano conseguiu se segurar, equilibrar a partida e até criou oportunidades, dando certo trabalho ao goleiro Luis Henrique.

Mas, gols, mesmo, só no segundo tempo. O Madureira começou tentando pressionar a equipe da casa, mas não foi eficiente.

Publicidade

Aos 19 minutos, Yan fez boa jogada e Andrey, na frente do gol, não deu chances ao goleiro Dida, abrindo o placar para o Nova Iguaçu.

Aos 26, com um passe cruzado de Samuel, novamente Andrey apareceu para marcar o segundo. O terceiro veio nos minutos finais. Dessa vez, Gabriel Santana aproveitou passe de Ewerton, bateu de chapa e deu números finais ao confronto aos 43 da etapa final.

FICHA TÉCNICA

Nova Iguaçu 3 x 0 Madureira

Local: Estádio Jânio de Moraes, Rio de Janeiro

Data e hora: domingo (13/03), às 16h

Árbitro: Diego da Silva Lourenço

Gols: Andrey, aos 19'/2°T e aos 26'/2°T; e Gabriel Santana, aos 43’/2ºT (Nova Iguaçu)

NOVA IGUAÇU: Luis Henrique; Vinicius (Digão), Gabriel Pinheiro, Nathan e Rafinha; Vandinho (Juan), Abuda, Andrey (Ewerton), Rodrigo Andrade (Gabriel Santana) e Yan (Luã Lucio); Samuel Granada. Técnico: Carlos Vitor

MADUREIRA: Dida; Rhuan Rodrigues, Edgar Silva (Marino), Feliphe Gabriel e Guilherme Zóio (Lucas Adell); Nonato (Cadu Almeida), Felipe Dias e Henrique Luiz (Rafinha); Diogo Carlos (Guilherme Augusto), Erick Pulga e Pipico. Técnico: Alfredo Sampaio

Pedro não é o único: veja bons jogadores que são reservas de luxo

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.