Futebol Bustos perde na comparação com três técnicos anteriores do Santos

Bustos perde na comparação com três técnicos anteriores do Santos

Argentino soma apenas uma vitória em 12 jogos; desempenho de Carille, Diniz e Holan é de mais triunfos em igual sequência 

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Técnico santista Fabián Bustos domina bola em treino no CT Rei Pelé

Técnico santista Fabián Bustos domina bola em treino no CT Rei Pelé

Ivan Storti/Santos FC

Os números não estão a favor do técnico santista Fabián Bustos – e pioram na comparação entre vitórias, em 12 jogos seguidos, com os três comandantes anteriores. Bustos amarga apenas um triunfo nessa série – o 2 a 1 de virada sobre o Juventude, em 14 de junho, pelo Campeonato Brasileiro, em Caxias do Sul (RS).

Fábio Carille, que treinava a equipe antes, totalizou cinco vitórias e cinco empates, além de duas derrotas, em suas últimas 12 partidas. Fernando Diniz obteve, também em seus 12 derradeiros compromissos, três vitórias, três empates e seis derrotas.

Ariel Holan, antes de Diniz, somou quatro triunfos, três empates e cinco tropeços nas exatas 12 ocasiões em que o Alvinegro Praiano esteve em suas mãos.

Entraves em casa

Anunciado em 25 de fevereiro e apresentado em 2 de março, Bustos já soma 28 partidas à frente do Peixe e tem a chance de mudar o cenário preocupante nesta quarta-feira (6), às 21h30 (de Brasília), no jogo de volta com os venezuelanos do Deportivo Táchira pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana.

Mas também o recente retrospecto na Vila Belmiro, palco do encontro, preocupa: o Santos não vence em casa há seis partidas.

A última comemoração diante da torcida foi o tumultuado 1 a 0 sobre o Unión La Calera pela "Sula". De lá para cá, a soma é de quatro empates e duas derrotas na condição de mandante.

Onde estão os 28 atletas campeões da Libertadores pelo Corinthians

Últimas