Futebol Brasileirão: Athletico vence Grêmio e assume liderança momentânea

Brasileirão: Athletico vence Grêmio e assume liderança momentânea

Após vitória por 1 a 0 em Porto Alegre, Furacão tem 100% de aproveitamento no campeonato

Lance
O único gol da partida foi anotado por Matheus Babi

O único gol da partida foi anotado por Matheus Babi

Lance

O Athletico foi até Porto Alegre e venceu o Grêmio por 1 x 0 na tarde deste domingo (13) pela 3ª rodada do Brasileirão Série A. O único gol da partida foi anotado por Matheus Babi. Com o resultado, o Furacão segue 100% no campeonato, enquanto o Tricolor Gaúcho tem duas derrotas em dois jogos disputados.

Pela 4ª rodada do Brasileirão Série A, o Grêmio visita o Sport na quinta-feira (17), às 21h. Por outro lado, o Athletico volta a campo na quarta-feira (16), mas pelo jogo de volta da semifinal do Campeonato Paranaense, diante do Paraná, às 15h20.

Milagre de Brenno
A bola mal começou a rolar na Arena do Grêmio, e o Athletico quase abriu o marcador. Assim como aconteceu na quarta-feira diante do Avaí pela Copa do Brasil, o Furacão não deixou o adversário tocar na bola e criou a sua primeira investida.

​Vitinho recebeu pela esquerda, cruzou na área e encontrou Nikão fechando na segunda trave. O camisa 11 tentou completar de peixinho, mas viu o cabeceio parar na boa intervenção de Brenno.

Grêmio assusta

Apesar do quase sofrer o gol no primeiro lance do jogo, o Grêmio passou a impor seu estilo de jogo propositivo. Mesmo apertado pela forte marcação do Athletico, o Tricolor conseguiu criar três oportunidades para Diego Souza finalizar.

Na primeira e mais perigosa delas, o centroavante recebeu cruzamento preciso de Cortez e finalizou de voleio por cima do gol. Já nas outras duas chances pegou fraco na bola, mandando uma pela linha de fundo e a outra para as mãos do goleiro Santos.

Jogo fica movimentado
​A partir dos 25 minutos o jogo ficou aberto. Enquanto o Grêmio tentava envolver a defesa do Athletico com passes rápidos, o Furacão passou a responder nas jogadas em velocidade.

Pelo lado Tricolor, Ferreira recebeu pela esquerda, levou para dentro e bateu com curva. A bola passou ao lado da trave de Santos. Já pelos visitantes, Vitinho tentou lance parecido e também errou o alvo. Em seguida, Marcinho tentou surpreender Brenno com um chute firme em cobrança de falta, mas mandou para fora.

Athletico é recompensado
​Melhor no jogo dentro da sua proposta, o Athletico abriu o marcador na Arena do Grêmio aos 43 minutos. Marcinho arrancou pela direita, levou para o meio, viu o espaço na defesa e serviu Matheus Babi. O centroavante tocou cruzado na saída de Brenno e viu a bola morrer no fundo das redes.

Apesar do gol, a arbitragem pegou impedimento do atacante no campo. Após analise do VAR, o tento foi validado, e Matheus Babi saiu para a festa. Sem tempo para reagir no 1° tempo, o Grêmio levou o resultado amargo para o intervalo.

Quase o segundo
Os primeiros minutos da etapa final mostraram os dois times se estudando muito. Com dificuldades, o Grêmio tentava propor as ações do duelo buscando o empate, enquanto o Athletico se mostrou a espreita para puxar o contra-ataque e tentar matar o jogo.

Apesar da estratégia ser mais reativa, o Furacão por pouco não ampliou o placar em uma marcação alta. Pressionados, Geromel e Kannemann se atrapalharam na saída de bola. Dentro da área, Matheus Babi ajeitou para Nikão, que pegou de voleio e mandou a esquerda do gol de Brenno.

Athletico administra bem
Bem postado defensivamente, o Athletico passou a esfriar o duelo e fazer o tempo passar com a bola nos seus pés. Enquanto isso, quando teve a bola durante a metade da etapa final, o Grêmio se limitou a passes de lado, sem levar perigo ao gol de Santos.

Em uma de suas poucas subidas de perigo ao campo de ataque, o Athletico levou perigo com Terans. O meia recebeu bola ajeitada de Matheus Babi e bateu rasteiro, nas mãos de Brenno.

Grêmio tenta pressão
​Desesperado pelo resultado, o Grêmio se lançou com todas as suas forças para o campo de ataque nos minutos finais. O técnico Tiago Nunes investiu nas entradas de Léo Chú e Jean Pyerre para dar novo fôlego ao setor ofensivo.

A melhor oportunidade veio aos 44 minutos, quando Ferreira recebeu dentro da área, bateu cruzado, mas mandou para fora. Retraído, o Athletico deixou os gaúchos com a bola e apenas se preocupou em afastar o perigo até garantir a vitória fora de casa por 1 x 0.

Grêmio 0 x 1 Athletico - 3ª rodada do Campeonato Brasileiro

Local: Arena do Grêmio
Horário: 16h
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Auxiliares: Celso Luiz da Silva (MG) e Leonardo Henrique Pereira (MG)
Gol: Matheus Babi (ATH)
Cartões amarelos: Matheus Henrique, Thiago Santos, Rafinha, Maicon, Ferreira (Grêmio), Christian, Matheus Babi, Richard, Khellven (Athletico)
Grêmio: Brenno, Rafinha (Vanderson), Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Thiago Santos (Ricardinho), Matheus Henrique (Jean Pyerre) e Jhonata Robert (Léo Chú); Luiz Fernando (Maicon), Diego Souza e Ferreira. Técnico: Tiago Nunes
Athletico: Santos, Zé Ivaldo, Pedro Henrique e Thiago Heleno; Marcinho (Khellven), Richard, Christian (Léo Cittadini), Nikão (Terans) e Abner Vinícius; Vitinho (Carlos Eduardo) e Matheus Babi (Renato Kayze). Técnico: António Oliveira

Últimas