Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Brasil perde da Venezuela no Sul-Americano Sub 20 e se complica

Time do técnico Carlos Amadeu é derrotado por 2 a 0, nesta sexta (1), na 2ª partida do hexagonal final do torneio, no Chile. Brasil é penúltimo colocado

Futebol|Cesar Sacheto, do R7

Venezuelanos comemoram gol sobre o Brasil no Sul-Americano Sub 20
Venezuelanos comemoram gol sobre o Brasil no Sul-Americano Sub 20 Venezuelanos comemoram gol sobre o Brasil no Sul-Americano Sub 20

O Brasil decepcionou mais uma vez no Campeonato Sul-Americano Sub 20 ao perder para a Venezuela por 2 a 0 nesta sexta-feira (1) na segunda partida do hexagonal final da competição, que é disputada em Rancagua, no Chile. Os dois gols foram marcados pelo atacante Hurtado.

Com a derrota, a seleção brasileira — que havia iniciado a nova fase com um empate em 0 a 0 com a Colômbia — é apenas a penúltima colocada na tabela de classificação do torneio — que oferece quatro vagas para o Mundial da categoria, marcado para os meses de maio e junho deste ano, na Polônia, e outras três para os Jogos Panamericanos de Lima, no Peru.

O líder do hexagonal é o Uruguai, com quatro pontos em dois jogos — a celeste olímpica será a adversária do Brasil na rodada seguinte da competição, em jogo marcado para a próxima segunda-feira, às 18h30 (horário de Brasília). Depois, aparecem na tabela a Venezuela (4 pontos), o Equador (3) e a Argentina (3). A Colômbia é a lanterna, com apenas um ponto.

O jogo

Publicidade

Criticada pelas atuações fracas na competição, a seleção brasileira não fez uma boa partida e foi envolvida pelos adversários — que haviam sido vencidos na fase anterior por 2 a 1 e estavam em busca de uma revanche.

Os venezuelanos já tinham assustado a defesa brasileira com um chute fortíssimo de Palmezano que balançou a trave superior do goleiro Phelipe, aos 20 minutos. 

Publicidade

Dois minutos depois, o Brasil foi surpreendido pela bela jogada do atacante Hurtado, que contou com a falha dos zagueiros para chutar cruzado e abrir o placar no duelo: 1 a 0.

Aos 24, o time brasileiro buscou uma reação e criou uma boa jogada que terminou com a finalização de Jonas Toró sobre o gol venezuelano.

Publicidade

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

Já no segundo tempo, Hurtado passou pela marcação brasileira novamente e obrigou o goleiro Phelipe a fazer uma grande defesa para evitar o segundo gol venezuelano.

O atacante Rodrygo, do Santos, teve uma boa chance em cobrança de falta pelo lado esquerdo do ataque brasileiro. No entanto, a batida não foi das melhores e a bola correu pelo lado de fora da rede venezuelana.

Aos 32 minutos, o mesmo Rodrygo recebeu um bom passe do lateral-direito Emerson e bateu firme para o gol, mas a bola rasteira acabou bloqueada pela zaga venezuelana. Na sequência, Igor tentou encobrir o goleiro, mas houve desvio.

Aos 41 minutos, os brasileiros tiveram uma boa descida pelo lado esquerdo do ataque e quase empataram, mas a defesa afastou o perigo.

Porém, aos 43, o atacante Hurtado se aproveitou de uma distração dos brasileiros após cobrança de escanteio, matou a bola no peito dentro da pequena área e completou de cabeça para dar números finais ao jogo.

Houve reclamações por parte dos brasileiros de que a bola teria ultrapassado a linha de fundo no toque de cabeça que originou o passe para Hurtado, mas a arbitragem confirmou o gol.

O Brasil até pressionou, mas não teve forças para buscar a recuperação e acabou derrotado pelos venezuelanos pela primeira vez na história da categoria sub 20.

Nos acréscimos, os jogadores brasileiros perderam a cabeça e partiram para a violência. O atacante Rodrygo foi expulso de campo e o técnico Carlos Amadeu ouviu o coro de "burro" entoado pela torcida que compareceu ao estádio chileno.

Copa América e muito mais! Confira aqui o calendário esportivo de 2019:

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.