Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Brasil deixa o top 10 do ranking feminino da Fifa; Espanha é líder pela primeira vez

A lista foi atualizada nesta sexta-feira (15), e a Coreia do Norte subiu para o nono lugar, antes ocupado pela seleção brasileira

Futebol|Do R7


Seleção brasileira fica fora do top 10 da Fifa
Seleção brasileira fica fora do top 10 da Fifa

A seleção brasileira deixou o top 10 do ranking de futebol feminino da Fifa nesta sexta-feira (15), quando a entidade fez a última atualização do ano na classificação. Antes nono colocado, o Brasil caiu para o 11º lugar e viu a Coreia do Norte se tornar a nova integrante do grupo de dez melhores seleções do mundo, na posição 9, acima do Canadá, que fecha a disposição do topo, em décimo lugar. A primeira posição é da campeã do mundo, a Espanha, líder pela primeira vez.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Esportes no seu WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Publicidade

Assine a newsletter R7 em Ponto

O Brasil não ficava fora do top 10 desde 2019, ano em que também ocupou a 11ª posição, sua pior colocação desde a criação do ranking feminino, em 2003. A melhor situação foi registrada em 2009, quando a seleção terminou a temporada em terceiro lugar, mas chegou a ocupar a vice-liderança ao longo do ano.

Publicidade

Depois de conquistar a Copa América em 2022, no auge sob o comando da treinadora sueca Pia Sundhage, a equipe brasileira teve como um dos momentos mais importantes de 2023 a disputa da Finalíssima, contra a campeã europeia, a Inglaterra. Após um empate em 1 a 1 no tempo normal, as inglesas venceram a decisão nos pênaltis e ficaram com o título.

Na Copa do Mundo, as comandadas de Pia foram eliminadas na fase de grupos, ao terminarem a disputa na terceira colocação do Grupo F, com quatro pontos, um atrás da segunda colocada, a Jamaica, e a três da líder, a França.

Pouco depois da Copa, a sueca foi demitida e deu lugar a Arthur Elias, protagonista de um trabalho multicampeão com o Corinthians nos últimos anos. Sob o comando dele, foram três vitórias e duas derrotas em amistosos.

No período desde a última atualização do ranking, em agosto, até aqui, seleções de outros continentes tiveram compromissos mais importantes que amistosos, como as Eliminatórias Europeias para o Torneio Olímpico de Futebol Feminino Paris 2024 e os jogos da Liga das Nações Femininas da Uefa. Enquanto isso, as nações da Ásia, África, América do Norte e América Central estiveram envolvidas em partidas de qualificação para seus respectivos torneios continentais.

A atual campeã mundial, a Espanha, conquistou o primeiro lugar pela primeira vez e se tornou a quarta equipe na história do futebol feminino a alcançar a cobiçada posição, depois de Estados Unidos, Suécia e Alemanha, na segunda, quinta e sexta colocação, respectivamente. O atual top 3 é fechado pela França.

A vice-campeã do mundo, Inglaterra, está em quarto lugar, à frente da ex-líder Suécia, que caiu quatro posições, para ficar em quinto. Holanda (7º), Japão (8º), Coreia do Norte (9º) e Canadá (10º) completam o top 10.

Confira as primeiras posições do ranking de futebol feminino da Fifa:

1º Espanha

2º Estados Unidos

3º França

4º Inglaterra

5º Suécia

6º Alemanha

7º Holanda

8º Japão

9º Coreia do Norte

10º Canadá

-----------------------

11º Brasil

Avaliada em R$ 5 bilhões, seleção brasileira é a quarta mais valiosa do mundo; veja ranking

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.