Futebol Bragantino brilha no 1º tempo, vence o Athletico-PR e sonha com Libertadores

Bragantino brilha no 1º tempo, vence o Athletico-PR e sonha com Libertadores

Com gols de Eric Ramires, Werik Popó e Luan Cândido, duas vezes, time paulista venceu os paranaenses por 4 a 2

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Eric Ramires comemora gol do Bragantino

Eric Ramires comemora gol do Bragantino

Luis Moura/Wpp/Gazeta Press

Após duas derrotas seguidas, o RB Bragantino voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Triunfo sobre o Athletico-PR por 4 a 2, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista-SP, em jogo válido pela 33ª rodada.

Com o resultado, o Braga permanece na 13ª posição, com 41 pontos, mas se aproxima do grupo de cima, que briga por vaga na Libertadores. Já o Athletico-PR, com foco na decisão da competição continental, fica em 6º, com 51.

O Bragantino começou em cima e logo fez o primeiro. Aos quatro minutos, Eric Ramires aproveitou sobra na área e abriu o placar. Os paulistas continuaram na pressão e quase marcaram mais uma vez, agora com Werik Popó e Sorriso.

Aos 37 minutos, saiu o segundo do Braga. Artur driblou o defensor dentro da área, finalizou no canto, mas a bola pegou na trave. Na sobra, Popó empurrou para as redes e ampliou. Ainda deu tempo do terceiro dos paulistas no 1º tempo. Aos 49 minutos, Luan Cândido bateu falta com perfeição e colocou 3 a 0 no intervalo.

O 2º tempo começou com um ritmo mais lento, mas com o Athletico buscando mais o jogo. Aos 18 minutos, Vitor Bueno recebeu na entrada na área e soltou a pancada: 3 a 1. Dois minutos depois, mais um dos paranaenses. Vitinho fez linda jogada individual e bateu no ângulo: 3 a 2.

O Braga conseguiu marcar o 4º aos 44 minutos. Hyoran chutou cruzado, Luan Cândido desviou e fez o segundo dele no jogo, dando números finais ao jogo: 4 a 2.

FICHA TÉCNICA

Data e horário: 22/10/2022, sábado, às 16h30 (horário de Brasília)
Local: Nabi Abi Chedid, Bragança Paulista (SP)
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira
Assistentes: Jean Marcio dos Santos e Brigida Cirilo Ferreira (FIFA)
Quarto Árbitro: Salim Fende Chavez
VAR: Rodrigo Nunes de Sá (VAR-FIFA)

Gols: Eric Ramires, Werik Popó e Luan Cândido (2x) (Bragantino); Vitor Bueno e Vitinho (Athletico)
Cartões amarelos: Abner, Pedro Henrique e Thiago Heleno (Athletico)

RB Bragantino: Cleiton; Aderlan, Kevin Lomónaco, Natan e Luan Cândido; Raul, Jadsom e Eric Ramires; Artur, Sorriso e Werik Popó. Técnico: Maurício Barbieri.

Athletico-PR: Bento; Khellven, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner; Erick, Alex Santana e David Terans; Cuello, Canobbio e Pablo. Técnico: Felipão.

Firmino, Neymar ou Kaká? Saiba quem são os maiores artilheiros do Brasil na Champions League

Últimas