Futebol Botafogo leva susto, mas supera o Bragantino no Nilton Santos

Botafogo leva susto, mas supera o Bragantino no Nilton Santos

Alvinegro foi superior ao longo de toda a partida e segue sonhando com uma vaga na Libertadores

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Gabriel Pires abriu o placar para o Botafogo no duelo com o Bragantino

Gabriel Pires abriu o placar para o Botafogo no duelo com o Bragantino

Vitor Silva/Botafogo

Na noite desta quarta-feira (26), em partida válida pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Estádio Nilton Santos, o Botafogo venceu o Bragantino pelo placar de 2 a 1.

Com o resultado, o Glorioso chegou aos 47 pontos e voltou a estar no grupo de equipes que brigam por uma vaga na Libertadores. O Massa Bruta, por sua vez, permanece com 41, tendo poucas pretensões no fim da temporada.

O primeiro gol do duelo saiu aos 17 mminutos. Após pressão forte no campo de ataque, Adryelson ficou com a sobra na entrada da área e abriu para Marçal. O lateral cruzou na entrada da pequena área, Tiquinho Soares finalizou na trave e, na sobra, Gabriel Pires completou para o gol e explodiu o Estádio Nilton Santos.

Na volta para a segunda etapa, o Massa Bruta reagiu em cima de um erro da zaga alvinegra. Aos 16 minutos, Adryelson cortou errado e a bola sobrou para Luan Cândido, sozinho, dentro da área, e o lateral estufou a rede.

O Glorioso não se deixou abater e logo após a primeira modificação, voltou a dominar o marcador. Aos 25 minutos, Patrick de Paula, que acabara de entrar, achou Júnior Santos do lado direito, sozinho na área. O atacante tentou cruzar e a bola sobrou para Tchê Tchê, que tocou no canto direito.

O Glorioso agora terá longo período de preparação e volta a campo apenas na próxima terça-feira (01/11), novamente no Estádio Nilton Santos, contra o Cuiabá. O Bragantino jogará no dia seguinte, novamente fora de casa, desta vez contra o Avaí.

FICHA TÉCNICA
Botafogo 2 x 1 Bragantino
Local: Nilton Santos, Rio de Janeiro (RJ)
Data e hora: quarta-feira (26/10), às 19h30
Árbitro: Dyorgines Jose Padovani (ES)
Auxiliares: Alessandro Alvaro Rocha (Fifa/BA) e Fabiano da Silva Ramires (ES)

Gols: Gabriel Pires 17'/1ºT e Tchê Tchê 25'/2ºT (Botafogo) / Luan Cândido 16'/2ºT (Bragantino)
Cartões amarelos: Gabriel Pires (Botafogo) / Lomónaco e Popó(Bragantino)

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Daniel Borges, Adryelson, Victor Cuesta e Marçal; Tchê Tchê e Gabriel Pires; Jeffinho (Lucas Piazon), Júnior Santos, Victor Sá (Patrick de Paula) e Tiquinho Soares. Técnico: Luís Castro.

BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan, Lomónaco, Natan e Luan Cândido; Jadsom (Hyoran), Raul e Lucas Evangelista (Gabriel Novaes); Artur, Popó (Carlos Eduardo) e Sorriso (Helinho). Técnico: Maurício Barbieri.

"Faz o M!": Botafogo renova contrato com a joia Matheus Nascimento

Últimas