Futebol Botafogo adota ansiedade pela abertura da janela de transferências

Botafogo adota ansiedade pela abertura da janela de transferências

Alvinegro tem convivido com desfalques nas últimas semanas e já acertou três contratações para o segundo semestre

  • Futebol | Do Live Futebol BR

John Textor é o acionista majoritário do Botafogo

John Textor é o acionista majoritário do Botafogo

Vitor Silva/Botafogo

O Botafogo passa por momento de oscilação quanto aos resultados na reta final do primeiro turno e isso passa muito pelo número de desfalques na equipe comandada pelo português Luís Castro. Internamente, a diretoria alvinegra aguarda ansiosa pela abertura da janela de transferências, que será na próxima segunda-feira (18).

Até lá, o Glorioso terá dois jogos pela frente e ambos no Estádio Nilton Santos. O primeiro na quinta-feira (14), contra o América-MG, pela volta das oitavas de final da Copa do Brasil - o time precisa reverter o 3 a 0 aplicado pelo Coelho na partida de ida - e o segundo no domingo (17), contra o Atlético-MG, pela 17ª rodada do Brasileirão.

A lista de ausências no Botafogo é grande. Além de Carlinhos e Rafael, laterais que se recuperam de cirurgia, Diego Gonçalves, Victor Sá, Breno, Kayque e Victor Cuesta - este o mais recente por fratura nos ossos da face - estão no departamento médico. 

Para suprir tais ausências e aumentar o nível técnico do time, a diretoria alvinegra já acertou as contratações de Marçal, lateral-esquerdo, Carlos Eduardo, meia, e Luis Henrique, atacante. Ainda há expectativas pelas negociações com Martín Ojeda e Matheus Pereira, ambos meio-campistas, e Júnior Urso, volante.

'Norte-Sul deste país': torcida do Vasco lota estádios na Série B

Últimas