Libertadores

Futebol Boschilia marca no fim e Inter vence o América de Cali por 4 a 3

Boschilia marca no fim e Inter vence o América de Cali por 4 a 3

Time faz grande primeiro tempo, sofre no segundo, mas ganha e chega aos 7 pontos no Grupo E da Libertadores. Próximo jogo é o clássico com o Grêmio

  • Futebol | Do R7

Abel Hernandez marcou seus primeiros gols pelo Inter

Abel Hernandez marcou seus primeiros gols pelo Inter

Ricardo Duarte/Divulgação/Internacional

Foi no sufoco, mas o Inter venceu na Libertadores! Depois de um primeiro tempo primoroso e um segundo bem abaixo da média, o time contou com um gol já nos acréscimos para vencer o América de Cali por 4 a 3 no Beira-Rio, na noite desta quarta-feira (16).

Abel Hernández e Boschilia, com dois gols cada um, foram os grandes destaques do jogo.

Com a vitória, a segunda em três jogos, o Colorado segue invicto no Grupo E e, com 7 pontos, assume a liderança isolada. O América, com 3, é o 3º. Na próxima rodada, já na semana que vem, o Inter tem pela frente nada menos do que um clássico com o Grêmio, enquanto o time colombiano recebe a Universidad Católica.

Inter começa 'voando'
Desfalcado de dez jogadores, muitos deles por conta da confusão no clássico contra o Grêmio, na segunda rodada, o Inter parece que não sentiu falta e logo no primeiro minuto, já abriu o placar. Lindoso deu belo lançamento para Uendel, que cruzou na medida para Abel Hernández marcar o seu primeiro gol pelo clube.

O Colorado continuou atacando e, aos 18, ampliou. Boschilia recebeu passe de Abel Hernández e bateu. Chaux defendeu e, no rebote, o meia marcou o segundo do Inter no jogo.

Mal deu para comemorar!
O América parecia atordoado no jogo, mas conseguiu o seu gol aos 27. Vergara recebeu destro da área e bateu cruzado para fazer 2 a 1.

Mas a felicidade do time colombiano durou pouco e, aos 31, Abel Hernández recolocou o Inter com dois gols de vantagem. O uruguaio aproveitou saída errada de Chaux e marcou mais um de cabeça.

Colombianos 'no jogo'
E se no primeiro tempo foi o Inter quem marcou logo nos primeiros lances, no segundo, foi o América, com Adrián Ramos, após rebote de bola no travessão.

A vantagem de apenas um gol e o cansaço fizeram com que o time brasileiro mudasse a postura dentro de campo, passando a administrar as jogadas e a ter mais atenção no sistema defensivo.

Atenção essa que faltou aos 32. Moreno recebeu lançamento dentro da área e deslocou Marcelo Lomba. Tudo igual no Beira-Rio!

Lomba salva o Inter
O Inter continuou mal na segunda etapa e por muito pouco não tomou o empate aos 41. Carrascal bateu cruzado e Marcelo Lomba, com os pés, fez a defesa que impediu a virada.

Boschilia!
Com a fraca atuação na segunda etapa, parecia que o empate estava de bom tamanho para o Inter. Mas não para Boschilia. Já nos acréscimos, ele arriscou de longe, a bola desviou e morreu no fundo do gol. Vitória colorada no sufoco!

INTERNACIONAL 4 X 3 AMÉRICA DE CALI
Local: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
Data-Hora: 16/9/2020 – 19h15
Árbitro: Facundo Tello (ARG)
Auxiliares: Gabriel Chade (ARG) e Facundo Rodríguez (ARG)
Cartões amarelos: Patrick, Rodrigo Moledo (INT), Segovia, Paz, Sierra(AME)
Cartões vermelhos:
Gols: Abel Hernández (2’/1ºT) Boschilia (18’/1ºT) Vergara (28’/1ºT) Abel Hernández (31’/1ºT) Adrián Ramos (4’/2ºT) Moreno (33’/2ºT) Boschilia (45’/2ºT)
INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Saravia, Rodrigo Moledo, Zé Gabriel e Uendel; Rodrigo Lindoso (D’Alessandro, aos 35/2ºT), Nonato (Johnny, aos 19/2ºT) e Patrick; Boschilia (Lucas Ribeiro, aos 47/2ºT), Thiago Galhardo e Abél Hernández (Leandro Fernández, aos 19/2ºT). Técnico: Eduardo Coudet.
AMÉRICA DE CALI: Chaux; Ureña, Marlon Torres, Segovia e Velasco; Paz (Jaramillo, aos 27/2ºT), Carrascal, Sierra (Arias, aos 39/2ºT), Vergara e Juan Pérez (Moreno, aos 21/2ºT); Adrián Ramos. Técnico: Juan Cru.

Redenção! Ex-gordinho, Walter muda corpo e brilha na Libertadores

Últimas