Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Atlético vence, abre 10 pontos no topo e afunda ainda mais o Grêmio

Mineiros confirmam favoritismo em jogo atrasado e alcançam 62 pontos no Brasileirão. Gaúchos seguem na penúltima colocação

Futebol|Felippe Scozzafave, do R7


Jogadores do Atlético-MG comemoram com a torcida o gol contra o Grêmio
Jogadores do Atlético-MG comemoram com a torcida o gol contra o Grêmio

O Atlético-MG está cada vez mais perto de comemorar o título do Brasileirão após 50 anos. Nesta quarta-feira (3), em jogo atrasado da 19ª rodada, o líder absoluto venceu o Grêmio em um Mineirão lotado por 2 a 1 e, agora com 62 pontos, tem 10 pontos de vantagem no topo.

No momento, o principal perseguidor é o Palmeiras, vice-líder com 52. Situação contrária vive o Tricolor gaúcho. Com mais uma derrota, a equipe segue com 26 pontos e, na penúltima colocação, está cada vez mais perto do rebaixamento para a Série B.

Os dois times voltam a atuar no final de semana. E em clássicos locais. Enquanto os mineiros enfrentam o América-MG no domingo, os gaúchos têm pela frente o Internacional na noite de sábado.

Leia também

Jogo começa eletrizante

Empurrado por quase 60 mil torcedores, o Atlético começou com tudo. E quase abriu o placar ainda no primeiro minuto, com Zaracho. Logo aos 2, foi o Grêmio quem balançou as redes. Borja acertou a trave. No rebote, Douglas Costa cruzou e o centroavante marcou. Ele, porém, estava impedido.

Publicidade

Assim não, Borja

O gol anulado não desanimou os gaúchos, que seguiram atacando. Aos 9 e aos 10, Borja voltou a aparecer, perdendo chances inacreditáveis. Após passe de Lucas Silva, o colombiano foi tentar deslocar Everson e mandou para fora. No lance seguinte, ele bateu colocado e a bola explodiu no travessão.

Quem não faz, toma!

Enquanto os visitantes cansavam de perder gols, o time da casa abriu o placar. Diego Costa fez bela jogada de pivô e tocou na medida para Zaracho, que bateu para colocar o Atlético em vantagem aos 11.

Publicidade

Apesar da desvantagem e o desespero na tabela, o Grêmio seguiu em cima. E só não empatou ainda no primeiro tempo porque Borja, cabeceando sozinho, mandou para fora aos 49.

Tudo igual

Na volta do intervalo, os gaúchos seguiram melhores. Aos 3, Lucas Silva arriscou de fora da área e a bola passou perto. Aos 10, Borja fez o pivô e ajeitou para Campaz bater firme e deixar tudo igual no Mineirão.

Publicidade

A força do líder

O meia colombiano, porém, foi de herói para vilão. Aos 28, Nacho bateu falta. Campaz cortou a bola com o braço e, após o auxílio do VAR, a arbitragem marcou pênalti. Vargas bateu bem e voltou a colocar o time mineiro na frente.

Na reta final do confronto, o Grêmio ainda tentou, mas não teve forças para empatar. Festa para o Atlético, cada vez mais perto do título!

ATLÉTICO-MG 2 X 1 GRÊMIO

Data: 03/11/2021 (Quarta-feira)

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira

Auxiliares: Alex Ang Ribeiro e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa

VAR: José Claudio Rocha Filho

Cartões amarelos: Lucas Silva, Geromel, Campaz, Douglas Costa, Rafinha (GRE); Zaracho, Tchê Tchê, Nacho, Mariano, Allan (ATL)

Gols: Zaracho, do Atlético-MG, aos 12 minutos do segundo tempo; Campaz, do Grêmio, aos 10 minutos do segundo tempo; Vargas, do Atlético-MG, aos 29 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-MG: Everson; Guga (Mariano), Réver, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Tchê Tchê (Jair), Nacho e Zaracho (Savarino); Hulk (Vargas) e Diego Costa (Nathan). Técnico: Cuca

GRÊMIO: Chapecó; Rafinha, Geromel, Ruan e Cortez; Thiago Santos (Jhonata Robert), Villasanti (Campaz) e Lucas Silva (Sarará); Douglas Costa, Ferreira (Alisson) e Borja (Diego Souza). Técnico: Vagner Mancini

Sem Messi, PSG só empata; Real vence com boa atuação de Vini Jr.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.