Futebol Atlético-MG vira no fim e vence o Cruzeiro em clássico pelo Mineiro

Atlético-MG vira no fim e vence o Cruzeiro em clássico pelo Mineiro

Galo perdia para o rival até os 40 minutos do segundo tempo, mas virada começou com pênalti polêmico em Hulk

Lance

Em um clássico movimentado, disputado e equilibrado, o Atlético-MG venceu o Cruzeiro de virada por 2 a 1, gols de Hulk, de pênalti, e Ademir, para o Galo, com Vitor Roque anotando o tento da Raposa, no duelo deste domingo (6), no Mineirão, pela nona rodada do Campeonato Mineiro.

O resultado classificou o Galo para as semifinais do Estadual. O time alvinegro chegou aos 22 pontos, três a mais do que a Raposa, que caiu para a terceira posição, perdendo a vice-liderança para o Athletic.

Hulk empatou a partida em pênalti polêmico; Cruzeiro reclamou da marcação

Hulk empatou a partida em pênalti polêmico; Cruzeiro reclamou da marcação

Foto: Pedro Souza / Atlético

Em um dia que houve uma morte antes do jogo por uma briga em um bairro de Belo Horizonte após uma briga entre torcedores, o jogo mostrou que o nível dentro e fora de campo pode ser elevado. E, mesmo com um time mais badalado, o Atlético suou muito para sair com os três pontos, mostrando que o Cruzeiro pode pensar no título e, no futuro, lutar pelo acesso à Série B.

O alvinegro começou a partida indo pra cima da Raposa, mas não conseguia converter as chances criadas em gols. Assim, o Cruzeiro conseguiu equilibrar o jogo e sair do primeiro tempo sem sofrer pressão do time atleticano. Com vários jogadores vindos da base, como Vitor Roque, Rafael Santos e Daniel Júnior, a Raposa teve consistência deles no jogo, sem “tremer” no maior jogo de Minas Gerais.

Hulk, Keno, Arana, Savarino e Nacho foram bem marcados na maior parte do jogo e ficaram “presos” dentro da marcação cruzeirense, bem montada por Paulo Pezzolano. O Galo tinha perdido uma chance com Jair e no momento seguinte, Bruno José arrancou pela direita, acertou belo cruzamento e Vitor Roque, o menino da Toca, mandou para as redes de Everson em uma bela cabeçada. É o quarto gol do atacante em cinco jogos na temporada.

Pênalti para o Galo… Hulk manda para as redes e empata o clássico

Oliveira derrubou o atacante após passe de Nacho, empatou o jogo e fez seu primeiro gol diante do maior rival. Sexto gol de Hulk na temporada. O Galo já teve quatro pênaltis neste ano, todos convertidos.

A torcida pediu e Ademir entrou no segundo tempo do clássico. Ele fez a diferença e aos 51’ do segundo tempo marcou o gol da virada alvinegra, que garantiu os três pontos para o Atlético, líder do campeonato e classificado para as semifinais.

Próximos jogos

O Atlético-MG volta a campo no próximo sábado (12), contra o Democrata-GV, em Governador Valadares, às 16h30. A Raposa joga no domingo (13), às 17h30, diante do Pouso Alegre.


FICHA TÉCNICA DA PARTIDA
ATLÉTICO-MG 2 X 1 CRUZEIRO

Data: 6 de março de 2022
Horário: 18h (de Brasília)
Local: Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Igor Junio Benevenuto
Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Celso Luiz da Silva
Gols: Vitor Roque, aos 24’-2ºT (0-1), Hulk (pênalti), aos 40’-2ºT (1-1), Ademir, aos 51’-2ºT (2-1)
Cartões amarelos: Guga (ATL), Guilherme Arana (ATL), Rafael Santos (CRU), Vitor Roque (CRU), Willian Oliveira (CRU), Hulk (ATL), Allan(ATL), Keno (ATL)
Cartões vermelhos: nenhum
Público: 53.328
Renda: R$ 2.479.840,13

ATLÉTICO-MG (técnico: Antônio Mohamed)

Everson, Mariano (Guga, aos 32’-2ºT), Nathan Silva, Godín e Guilherme Arana; Allan, Jair e Nacho Fernández; Keno (Ademir, aos 19’-2ºT), Savarino (Vargas, aos 19’-2ºT) e Hulk

Cruzeiro (técnico: Martin Varini)

Rafael Cabral; Rômulo, Lucas Oliveira, Eduardo Brock e Rafael Santos; Willian Oliveira, Pedro Castro (Filipe Machado, aos 26’-2ºT), Fernando Canesin (Geovane, aos 41’-2ºT) e Daniel Júnior (João Paulo, aos 26’-2ºT). Vitor Roque (Matheus Bidu, aos 40’-2ºT) e Edu (Bruno José, aos 13’-2ºT)

De bem com a vida, Hulk celebra títulos e família e volta a sorrir

Últimas