Futebol Atlético-GO vence Bahia de virada e amplia série invicta no Brasileirão

Atlético-GO vence Bahia de virada e amplia série invicta no Brasileirão

Time goianiense bate rival por 2 a 1, na noite domingo, no Estádio Pituaçu, na capital baiana, pela 16.ª rodada do campeonato

Agência Estado - Esportes
Atlético Goianiense vira sobr e o Bahia, em Salvador, pelo Brasileirão

Atlético Goianiense vira sobr e o Bahia, em Salvador, pelo Brasileirão

JEFFERSON PEIXOTO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO - 15.8.2021

O Atlético-GO alcançou quatro jogos invicto no Campeonato Brasileiro ao vencer o Bahia por 2 a 1, de virada, na noite deste domingo, no Estádio Pituaçu, em Salvador (BA), pela 16.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os baianos jogaram melhor no primeiro tempo e abriram o placar com golaço de Gilberto, mas os visitantes fizeram dois gols rápidos no segundo tempo, com Zé Roberto e João Paulo, e garantiram os três pontos.

Com duas vitórias e dois empates nos últimos quatro jogos, o Atlético-GO chegou a 23 pontos na sétima colocação. Já o Bahia está em situação completamente diferente, pois não vence há seis jogos, sendo cinco derrotas. Com isso, segue com 18 pontos em 12.º lugar, mas pode cair ainda mais até o fim da rodada.

Apesar do resultado e do momento do Bahia, a noite teve algo de positivo para Gilberto. O atacante encerrou jejum de oito partidas sem gols e divide a artilharia do Brasileirão com Bruno Henrique, do Flamengo, com oito gols. A última vez que Gilberto havia marcado foi em 4 de julho na vitória por 2 a 0 diante da Chapecoense.

A partida começou sem muitas chances, mas aos poucos o Bahia se impôs e começou a finalizar bastante. Em menos de dez minutos, teve chances com Lucas Mugni, Maycon Douglas, Nino Paraíba e Gilberto. De tanto tentar, abriu o placar aos 25 minutos com um golaço. Gilberto arriscou chute de muito longe e acertou o ângulo direito de Fernando Miguel, que não teve chances de defesa.

Em desvantagem no placar, o Atlético buscou mais o ataque, mas não assustou muito no primeiro tempo. Já no final, levou um pouco de perigo em cruzamento fechado de Natanael e em chute cruzado de Janderson.

No começo do segundo tempo, o Bahia tentou colocar um ritmo forte de novo e criou duas oportunidades com Rodriguinho, de cabeça, e chute de dentro da área Maycon Douglas, que explodiu no peito de Fernando Miguel. Depois disso, porém, os baianos viram o Atlético virar rapidamente o placar.

Aos nove minutos, Arnaldo recebeu na direita e cruzou na medida para Zé Roberto. O atacante subiu muito bem e testou firme para o gol.

Apenas seis minutos depois, aos 15, o Atlético marcou o segundo com João Paulo. Após tentativa de saída com os pés do goleiro do Bahia, o meia se esticou todo para roubar a bola na intermediária e invadiu livremente a área. Com tranquilidade, finalizou rasteiro e no cantinho para marcar.

O jogo voltou a ficar parado e, mesmo com as mudanças, o Bahia não conseguiu pressionar o Atlético. Apenas nos últimos minutos criou mais duas boas chances com cabeçada de Rodallega e chute de fora da área de Matheus Bahia, mas Fernando Miguel defendeu as duas finalizações e garantiu a vitória goiana.

Os dois times voltam a campo apenas no próximo sábado pela 17.ª rodada. Às 17h, o Atlético-GO recebe a lanterna Chapecoense no Estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO). Mais tarde, às 19h, o Bahia estará em Porto Alegre (RS), onde encara o penúltimo colocado Grêmio.

BAHIA 1 X 2 ATLÉTICO-GO

BAHIA - Matheus Teixeira; Nino Paraíba, Conti, Luiz Otávio e Juninho Capixaba; Patrick de Lucca (Matheus Bahia), Daniel e Lucas Mugni (Óscar Ruíz); Maycon Douglas (Matheus Galdezani), Gilberto (Rodallega) e Rodriguinho. Técnico: Dado Cavalcanti.

ATLÉTICO-GO - Fernando Miguel; Dudu (Toró) (Arthur Henrique), Wanderson, Éder e Natanael; Willian Maranhão, Baralhas, Arnaldo e João Paulo (André Lima); Janderson (Lucão) e Zé Roberto (Ronald). Técnico: Eduardo Barroca

GOLS - Gilberto aos 25 minutos do primeiro tempo; Zé Roberto aos nove e João Paulo aos 15 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Ricardo Marques Ribeiro (MG)

CARTÕES AMARELOS - Conti e Daniel (Bahia).

PÚBLICO E RENDA - Jogo sem torcida.

LOCAL - Estádio Pituaçu, em Salvador (BA)

Últimas